Inter homenageia o ex-volante Elvio

Por Edmar Ferreira

Muita emoção na homenagem prestada pela diretoria da Internacional ao ex-volante Elvio, um dos mais brilhantes jogadores que passaram pela história do clube.

No intervalo do jogo entre Inter e São Paulo, sábado no Limeirão, pela Copa Paulista, Elvio recebeu a camisa dos dois clubes que defendeu com maestria, além de uma placa.

Elvio Donizete Ezequiel reside atualmente em São Carlos e é proprietário do Armazém da Cachaça. Além disso, dá aulas de futebol para alunos no Country Club. É casado, pai de três filhas e tem um neto.

Elvio nasceu no dia 28 de março de 1956 e começou sua carreira no Grêmio Sãocarlense, logo após servir o Tiro de Guerra. Quem o lançou no profissional foi o técnico Adésio de Almeida.
Em 1978, deixou São Carlos para defender o Jaboticabal, do técnico Pinho, onde foi campeão da Segunda Divisão.

No ano seguinte, o volante se transferiu para o Rio Claro, onde despertou o interesse dos dirigentes da Internacional. Em um torneio com as participação dos clubes da região, marcou um gol contra o próprio Leão e isso foi determinante para sua contratação.

Ao lado de Toinzinho e Elói, Elvio formou o chamado “meio de campo” dos sonhos da Inter na brilhante campanha no Campeonato Paulista de 1980. Em 34 jogos naquele Estadual, marcou 8 gols.

elvio 2

Também com a camisa da Veterana, foi convocado pelo técnico Carlos Alberto Silva para defender a seleção paulista.

“Tive o prazer de formar o meio de campo com o saudoso Sócrates e com o mestre Pita em um amistoso contra a União Soviética, que terminou empatado por 2 a 2. O Pita diz até hoje que o gol mais bonito de sua carreira aconteceu exatamente naquele jogo. O outro gol da seleção paulista foi marcado pelo Edmar, que estava começando a carreira. Ele entrou no lugar do Serginho Chulapa”, lembrou.

São Paulo

Elvio costumava sempre marcar gols no São Paulo e por isso, foi contratado pelo Tricolor, a pedido do técnico Carlos Alberto Silva. Em 1981, fez parte do elenco são-paulino campeão paulista e vice-campeão brasileiro.

Mas um atrito por ser reserva e por seu posicionamento em campo causaram sua saída do São Paulo para o Santa Cruz, do técnico Poy. Elvio foi campeão pernambucano.

Com passe preso ao São Paulo, foi emprestado outras vezes. Em 1983 defendeu o Botafogo de Ribeirão de Preto no Campeonato Brasileiro. Depois foi para o Coritiba, onde jogou improvisado de quarto zagueiro e foi campeão paranaense em 1984.

Por obra do destino, o São Paulo não aceitou um novo empréstimo e Elvio deixou de fazer parte do time campeão brasileiro em 1985, em cima do Bangu, no Maracanã. Desta forma, retornou para a Inter de Limeira, onde disputou a Copa São Paulo (equivalente hoje a Copa Paulista) e o Campeonato Paulista da Série A-1.

Porém, Elvio jogou apenas o primeiro turno daquele Paulistão, pois com a chegada de Gilberto Costa, perdeu a posição e foi para o Uberaba. Mais uma vez, o jogador deixava de fazer parte de um elenco vitorioso.

elvio 3

“Gostaria muito de estar naquele time da Inter de 1986. Seria a consagração total da minha carreira. Aquela equipe foi brilhante em todos os aspectos. Mas não tenho do que reclamar. Sei que fui importante na história Inter, que cravei meu nome. Prova disso é que estou sendo homenageado”, frisou, bastante emocionado.

Elvio também defendeu o Grêmio Sãocarlense, em 1988, a Platinense (PR), em 1989, o Londrina em 1989, o Operário de Ponta Grossa (PR), em 1990 e o Araçatuba, onde encerrou a carreira em 1991. “Meu último técnico foi o saudoso Afrânio Riul. Estava com 35 anos e achei melhor pendurar as chuteiras”, explica.

elvio 4

Com a camisa do São Paulo, segundo o “Almanaque do São Paulo” de Alexandre da Costa, Elvio fez 40 partidas (12 vitórias, 15 empates e 13 derrotas) e marcou 13 gols.

Os 9 gols de Elvio pela Inter

22/06/1980 – Internacional 2 x 2 XV de Jaú
09/07/1980 – Internacional 1 x 2 São Paulo
14/08/1980 – Corinthians 1 x 3 Internacional
17/09/1980 – Internacional 2 x 0 Botafogo
21/09/1980 – Guarani 0 x 2 Internacional
19/10/1980 – Internacional 4 x 2 XV de Piracicaba (2)
02/11/1980 – São Paulo 1 x 2 Internacional
02/03/1980 – Internacional 2 x 0 Goytacaz/RJ

*** Foram 49 jogos e 9 gols pela Inter

*** Fotos – Mário Roberto

Um comentário em “Inter homenageia o ex-volante Elvio

  • 29 de junho de 2018 a 12:05
    Permalink

    Élvio jogou também no Taubaté, morou em frente a minha casa, e batizei uma de suas filhas. Sinto saudades pois não mais o vi nem sua família.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *