Tite pede seriedade contra o Chile

A Argentina terá um aliado importante nesta última rodada das Eliminatórias Sul-Americanas: Tite. O treinador pediu muita seriedade aos seus jogadores na partida que fecha participação da Seleção Brasileira na competição. Com a vaga garantida na Copa do Mundo da Rússia, o líder Brasil recebe o Chile, às 20h30, no Allianz Parque.

A Argentina depende apenas de suas forças. Se vencer o Equador, em Quito, garante pelo menos uma vaga na repescagem contra a Nova Zelândia. Pode até entrar direto na Copa, caso Peru e Colômbia empatem ou o Brasil vença. Se empatar, o time de Messi dependerá de uma combinação de resultados. Agora, em caso de derrota, os Hermanos estarão fora da Rússia.

Tite está encantado com as novas instalações do campo do Palmeiras, o chamado Centro de Excelência. Acompanhado de Maurício Galiotte, presidente do Verdão, o técnico rasgou elogios. “É impactante. Eu imaginava algo bom, mas não tanto assim”, disse o comandante.

Contra o Chile, Tite dará uma oportunidade ao goleiro Ederson, do Manchester City. Já na zaga, Marquinhos retoma o lugar de Thiago Silva, cortado por lesão. Inclusive, o becão do PSG será o capitão.

O jogo será especial para Gabriel Jesus, que retorna ao palco que o consagrou. Entre 2015 e 2016, o atacante fez 34 partidas pelo Palmeiras no estádio e marcou 11 gols. Foi campeão da Copa do Brasil em 2015 e do Campeonato Brasileiro em 2016.

O Chile ocupa a terceira colocação, com 26 pontos e vem embalado pela vitória sobre o Equador por 2 a 1. Juan Antonio Pizzi sabe que um empate diante do Brasil pode ser determinante para a classificação. Mas o treinador não terá o capitão Arturo Vidal, suspenso. Esteban Pavez, que atual pelo Atlético/PR, foi chamado para o seu lugar.

No primeiro turno os chilenos venceram por 2 a 0. Na época os técnicos eram Jorge Sampaolli e Dunga. Campeão da Copa América de 2015 e da Copa América Centenário de 2016, o Chile tenta confirmar sua terceira participação consecutiva em Copas do Mundo.

Nos outros jogos da rodada: Uruguai x Bolívia e Paraguai x Venezuela. A classificação está assim: 1) Brasil 38, 2) Uruguai 28, 3) Chile e Colômbia 26, 5) Peru e Argentina 25, 7) Paraguai 24, 8) Equador 20, 9) Bolívia 14 e 10) Venezuela 9.

Melhores

Os brasileiros Neymar, do Paris Saint-Germain, Marcelo, do Real Madrid, e Philippe Coutinho, do Liverpool, foram confirmados nesta segunda-feira como integrantes de uma lista de 30 finalistas ao prêmio Bola de Ouro, tradicional honraria concedida pela revista France Football, que elege anualmente o melhor jogador do mundo.

Na Copa

A Islândia disputará no ano que vem, na Rússia, a primeira Copa do Mundo de sua história. Ontem, o pequeno país garantiu o direito de ir ao torneio ao confirmar o favoritismo e derrotar Kosovo por 2 a 0, em casa, para delírio da torcida que lotou o estádio em Reykjavik.

Além da Islândia, já garantiram vaga na Rússia: Brasil (América do Sul), Costa Rica e México (América Central, América do Norte e Caribe), Alemanha, Bélgica, Espanha, Inglaterra, Polônia, Rússia e Sérvia (Europa), Egito e Nigéria (África), Arábia Saudia, Coreia do Sul, Irã e Japão (Ásia).

BRASIL X CHILE

BRASIL – Ederson; Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Renato Augusto, Paulinho e Philippe Coutinho; Neymar e Gabriel Jesus. Técnico – Tite.
CHILE – Claudio Bravo, Isla, Gonzalo Jara, Medel e Mena; Gutierrez, Francisco Silva, Pablo Hernández e Valdivia; Alexis Sánchez e Eduardo Vargas. Técnico – Juan Antonio Pizzi.
ÁRBITRO – Roddy Zambrano (Equador)
LOCAL – Allianz Parque, em São Paulo, às 20h30.

*** Lucas Figueiredo/ CBF News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *