Inter vira em Diadema e agora precisa de um empate domingo no Limeirão

Por Edmar Ferreira

Em um jogo eletrizante do começo ao fim, a Internacional conseguiu uma vitória brilhante ontem à tarde em Diadema. E foi de virada, aos 45 minutos do segundo tempo.

Além de tirar definitivamente o Água Santa do páreo, o Leão retomou a vice-liderança do Grupo 5 da segunda fase da Copa Paulista, com 8 pontos, uma vez que o Taboão da Serra perdeu em casa para a Ferroviária por 2 a 0, e permaneceu com 7. O time de Araraquara selou a classificação para o mata-mata com 11 pontos.

Com essa importante vitória, a Inter precisará apenas de um empate frente ao Taboão da Serra no próximo domingo, às 10h, no Limeirão, para disputar a terceira fase e continuar sonhando com uma competição nacional após 14 anos.

agua 5

O primeiro tempo foi injusto. A Inter criou pelo menos cinco oportunidades inacreditáveis de gol e não balançou a rede. Aos 12, Tom deixou Lucas Douglas na cara do gol. O atacante parou na excelente defesa de Samuel. O arqueiro do Netuno também evitou o gol de falta de Diego Baiano aos 19, no puro reflexo. E foi um tubaço.

Quando a Inter estava próxima de marcar, o Água Santa abriu o placar na primeira descida. No cruzamento de Gabriel Duarte pela direita, Bill matou no peito, deixou Michel para trás e acertou o canto de Rafael Pin: 1 a 0.

A Inter não se abateu e continuou criando chances. Difícil era passar pelo inspirado Samuel, que aos 27 fez uma grande defesa em um chute forte de Moisés de fora da área. Calixto por sua vez, apareceu duas vezes na cara do gol e não marcou. Já Lucas Douglas teve tudo para empatar aos 39, quando sozinho e na marca do pênalti, mandou por cima.

O segundo tempo foi de tirar o fôlego. Aos 9, quase o Água Santa ampliou com Bill, que subiu livre na área, mas cabeceou por cima. O merecido empate leonino aconteceu aos 24 minutos, quando Balardim cruzou da direita para Moisés, que dominou na área e contou com o desvio no marcador na pequena área para vencer Samuel: 1 a 1. Foi seu sétimo gol em 17 jogos pelo Leão.

agua 6

Aos 28, Rafael Pin praticou um verdadeiro milagre, quando espalmou um chute de primeira de Gabriel Duarte. Também mandou para escanteio um arremate venenoso de Fabiano. O campo estava molhado porque chovia. Sem contar que aos 39, evitou, no puro reflexo, aquele que seria um gol contra de Marquinhos.

Mas a Inter merecia sair com a vitória de Diadema pelo que jogou. Lucas Douglas, que perdeu duas chances reais, na terceira não vacilou e aproveitou. Aos 45, após cruzamento rasteiro de Tom pela direita, finalizou na pequena área: 2 a 1. Foi seu 5º gol em 31 jogos pela Inter. A vitória foi muito comemorada pelos leoninos.

Água Santa 1 x 2 Internacional

Gols – Bill aos 20 minutos do 1º tempo (AS), Moisés aos 24 e Lucas Douglas aos 45 minutos do 2º tempo (IN)
Local – Estádio de Iramar, em Diadema
Árbitro – Kleber Canto dos Santos
Auxiliares – Marco Antônio de Andrade Motta Júnior e Hélio Antônio Salvia de Sá
Água Santa – Samuel; Genilson (Eric), Henrique, Serginho e Fabiano; Ronaldo, Gabriel Duarte, Matteus e Patrick Silva (Da Matta); Anderson Bartola (Rafael Martins) e Bill. Técnico – Jorginho.
Internacional – Rafael Pin; Michel (Marquinhos), Balardim, Diego Baiano e Calixto; Ricardinho, Teco (Luís Roberto) e Moisés; Lucas Douglas, Jow (Taylon) e Tom. Técnico – João Vallim.
Ocorrências – cartões amarelos para Marquinhos (3º) (IN), Serginho, Matteus e Rafael Martins (AS).

*** Fotos – André Guilherme

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *