Pradão recebe hoje as finais das duas principais divisões do Campeonato Amador

Por Edmar Ferreira

Serão conhecidos na manhã de hoje, no Estádio Comendador Agostinho Prada, os campeões das duas principais divisões do Campeonato Amador.

Na preliminar, às 8h15, o Império enfrenta o Rubro-Negro. No jogo de ida, o Império venceu por 2 a 0, gols de Cleber e Jefferson. Desta forma, poderá até perder por um gol de diferença que será o campeão.

O Império está invicto na competição, com 15 vitórias e 3 empates em 18 jogos. O time não sofre um gol há cinco partidas. Já o Rubro-Negro só perdeu um jogo nesta temporada, justamente para o Império. Na fase de classificação os times empataram sem gols.

Além do título, em jogo estará uma vaga na Copa Gazeta Ouro. O campeão enfrentará na partida eliminatória o vice-campeão da divisão de elite.

Em seguida, às 10h15, Serrano e Estoril se enfrentam pela final da Primeirona. Ouça o jogo pelos 1020 AM da Rádio Educadora, com Edmar Ferreira, Tatinha Casagrande e Naldo Dias.

O Serrano colocou a mão na taça ao golear no jogo de ida por 6 a 1, no CT Pinóquio, gols de Cleitinho (2), Antônio Caio (2), Keké e Marcelo Tubarão. O volante Emerson descontou.

Como fez a melhor campanha na fase de classificação, o Serrano poderá até perder por cinco gols de diferença, que mesmo assim será o campeão. Ao Estoril resta uma goleada por seis gols.

Na fase de classificação o Estoril goleou o Serrano por 4 a 2. Foi na partida de estreia da competição.

Ano passado

A final da Primeirona de 2016 foi simplesmente épica no Pradão. No jogo de ida, o Santa Cruz venceu o Abílio Pedro por 1 a 0. Na volta, o time do presidente Chicão abriu 2 a 0, gols de Kelson logo aos 13 segundos (gol mais rápido da história do Amador) e com Zé Carlos, indo para os vestiários com larga vantagem.

Mas o Abílio Pedro, empurrado por sua fanática torcida, conseguiu uma virada histórica para 3 a 2, gols de Andinho aos 22, Thiago aos 27 e Thiaguinho Fernando aos 34, levantando o caneco.

O Nova Itália terminou em terceiro lugar. O artilheiro foi Augusto César, do Ibirapuera, com 19 gols, enquanto Chico, do Abílio Pedro, foi o goleiro menos vazado.

Na Segundona, o Estoril foi campeão pela segunda vez consecutiva em cima da Madewal. Após vencer o jogo de ida, o time do técnico De Báia empatou no jogo de volta por 1 a 1, no Pradão. A Madewal saiu na frente com Dedê, mas sofreu o empate através de Duda.

O Jardim do Lago foi o terceiro colocado. Dedê, da Madewal, foi o artilheiro da competição com 14 gols, enquanto o goleiro Ceará, do Estoril, foi o menos vazado com 11 gols sofridos.

Raio X dos quatro finalistas:

Serrano:

2 x 4 Estoril
3 x 0 Jardim do Lago
4 x 1 Madewal
5 x 1 Bela Vista
1 x 1 Abílio Pedro
4 x 0 Santa Cruz
2 x 0 América
2 x 1 EKF
5 x 0 Tanquinho
1 x 0 Nova Itália
10 x 0 XV da Vila
0 x 0 Centro Rural
1 x 1 Roseira
5 x 1 Ypiranga
3 x 0 Belinha Ometto
1 x 0 Santa Cruz
3 x 1 Santa Cruz
6 x 1 Estoril

Total:

18 jogos
14 vitórias
3 empates
1 derrota
58 gols marcados
12 gols sofridos
46 saldo de gols

Artilheiros – Caio (21), Cleitinho (11), Mega e Kekezinho (4), Ramille e William (3), Sidney, Baiano, Bruninho, Adrianinho, Antônio Caio e Marcelo Tubarão (2)

Estoril:

4 x 2 Serrano
2 x 2 Nova Itália
1 x 3 Bela Vista
3 x 2 XV da Vila
3 x 0 Jardim do Lago
1 x 1 Abílio Pedro
3 x 0 Roseira
2 x 1 Madewal
2 x 2 Santa Cruz
2 x 0 Ypiranga
2 x 0 Tanquinho
2 x 1 América
2 x 0 Belinha Ometto
3 x 3 EKF
2 x 0 Centro Rural
2 x 2 Centro Rural
0 x 0 Centro Rural
1 x 6 Serrano

Total:

18 jogos
10 vitórias
6 empates
2 derrotas
37 gols marcados
25 gols sofridos
12 saldo de gols

Artilheiros – PC (9), Duda (6), Wandinho (5), Léo, Júlio César e Emerson (3), Bruno Morales e Fernandinho (2), Piruca, Róbson, Leandrinho e Nani (1)

Rubro-Negro:

3 x 2 Novo Horizonte
2 x 0 Morro Branco
2 x 1 Salvador
3 x 0 Az de Ouro
2 x 1 Paranaense
1 x 0 Aliança
2 x 0 Benfica
3 x 1 Nacional
1 x 1 Portuguesa
2 x 1 Juventus
5 x 2 Nação Galista
4 x 1 Guerreiros do Sul
2 x 1 Cincofer
0 x 0 Império
7 x 1 Juventude
1 x 0 Az de Ouro
3 x 3 Az de Ouro
0 x 2 Império

Total:

18 jogos
14 vitórias
3 empates
1 derrota
43 gols marcados
17 gols sofridos
26 saldo de gols

Artilheiros – Rato (16), Nicola (5), Danilo e Baiano (4), Felipe, Juninho Ferraz e Piu (3), Lemão (2), Estevam, Zé Carlos e contra (1)

Império:

4 x 0 Benfica
3 x 1 Portuguesa
0 x 0 Guerreiros do Sul
2 x 0 Novo Horizonte
4 x 1 Nacional
7 x 1 Morro Branco
2 x 1 Nação Galista
2 x 1 Cincofer
3 x 2 Juventus
2 x 1 Aliança
3 x 2 Juventude
2 x 0 Salvador
1 x 1 Az de Ouro
0 x 0 Rubro-Negro
1 x 0 Paranaense
3 x 0 Cincofer
1 x 0 Cincofer
2 x 0 Rubro-Negro

Total:

18 jogos
15 vitórias
3 empates
0 derrota
42 gols marcados
11 gols sofridos
31 saldo de gols

Artilheiros – Liu (11), Jesinho (9), Nei (5), Jhonny (4), Cleber (3), Teta, Felipinho e Dudu (2), Nenê, Boy, Flavinho e Vinícius (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *