Para ser campeã da Copa Paulista, Inter de Limeira terá que quebrar outro tabu

Por Edmar Ferreira

Otimismo. Essa é a palavra mais ouvida no Limeirão na véspera da disputa pelo título da Copa Paulista. Mesmo empatando sem gols, sábado no Limeirão, diante de 3.600 pagantes, a Internacional aposta no bom rendimento fora de casa para surpreender a Ferroviária, sábado, às 18h, na Fonte Luminosa, em Araraquara.

O jogo terá a transmissão da Rádio Educadora 1020 AM.

A Inter fechou invicta sua participação em casa nesta Copa Paulista, com oito vitórias e quatro empates. Fora de casa foram apenas três derrotas, todas elas por 2 a 1, para Desportivo Brasil, Taboão da Serra e XV de Piracicaba. Mas em todas elas o Leão se portou melhor e não merecia sair derrotado de campo.

Para ser campeã, a Inter terá que vencer a Ferroviária. Em caso de empate, a decisão será nas penalidades máximas.

Mais um tabu para ser quebrado por João Vallim, o “exterminador do Major Levy”. A Inter não vence a Ferroviária, em Araraquara, há exatos 31 anos. A última vitória na Fonte Luminosa aconteceu em 05/03/1986, pelo Paulistão. Naquele ano mágico do Leão que rendeu o título estadual, o time comandado por Pepe bateu a Ferrinha por 2 a 1, com dois gols de Tato.

De lá para cá foram cinco confrontos em Araraquara, com duas vitórias da Ferrinha e três empates, incluindo o 2 a 2 da atual Copa Paulista.

No geral foram 14 duelos entre as equipes na Fonte Luminosa. A Inter venceu três deles. Além de 1986, os outros dois trunfos foram registrados em 1980: 2 x 1 em 12/03, gols de Toinzinho e Izidoro e 4 x 1 em 01/06, gols de Marquinhos Capivara, Alcino e Camargo (2).

Inter terá time completo

Técnico João Vallim terá time completo, uma vez que o lateral Calixto e o zagueiro Nikão cumpriram suspensão automática no primeiro jogo da final. Já o volante Ricardinho foi liberado pelo Departamento Médico e pode retornar ao time titular.

Já a Ferroviária perdeu seu lateral-direito Alisson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O meia-atacante Marcos Damasceno, que deixou o jogo de ida machucado, passa a ser dúvida.

Caravana da Interror

Renan Lima, presidente da Interror, está organizando uma caravana para o jogo em Araraquara. A concentração está marcada para as 13h e a saída às 14h, defronte ao Limeirão.

O valor do ônibus será de R$ 30, sem o ingresso, que poderá ser adquirido apenas na hora do jogo. Mais informações pelo  988372011 (whats) ou pelo 3702-3334 (Bar da Grade).

Confrontos em Araraquara:

14/10/1979 – Ferroviária 1 x 1 Internacional
12/03/1980 – Ferroviária 1 x 2 Internacional
01/06/1980 – Ferroviária 1 x 4 Internacional
19/08/1981 – Ferroviária 2 x 0 Internacional
07/11/1982 – Ferroviária 2 x 1 Internacional
01/11/1983 – Ferroviária 3 x 0 Internacional
08/07/1984 – Ferroviária 1 x 1 Internacional
27/10/1985 – Ferroviária 1 x 1 Internacional
05/03/1986 – Ferroviária 1 x 2 Internacional
19/07/1987 – Ferroviária 1 x 0 Internacional
11/03/1990 – Ferroviária 1 x 1 Internacional
28/04/1993 – Ferroviária 2 x 1 Internacional
27/07/2013 – Ferroviária 1 x 1 Internacional
30/09/2017 – Ferroviária 2 x 2 Internacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *