Inter vence a Portuguesa com gol no fim e mantém terceiro lugar na Série A-2

 

Por Edmar Ferreira

O torcedor da Internacional está em êxtase, como nos velhos tempos. A lua-de-mel com o time é impressionante. A corrente positiva impulsiona o Leão a conquistar grandes resultados. A “Era João Vallim” tem feito o leonino se orgulhar, vestir a camisa do time e vibrar nas arquibancadas.

Contra a Portuguesa, ontem à noite no Limeirão, a dificuldade era evidente. E foi uma vitória suada, com a cara do Leão e com a cara de João Vallim. Fazia onze anos que o time do Canindé não jogava aqui.

Novamente sem Nikão vetado pelo Departamento Médico, Diego Baiano formou a zaga ao lado de Balardin. Nas demais posições o time foi o mesmo que goleou o Audax (4 x 1) e empatou com o Batatais (0 x 0).

Inter x Portuguesa MR 24-01-18 6

O entrosamento tem feito a diferença. A Inter deu seu cartão de visita aos 6 minutos, quando Moisés jogou entre as pernas de Felipe Manuel e lançou Éder Paulista, que mandou por cima do gol.

Aos 18, boa jogada de Tom, que recebe, gira e finaliza para a defesa de João Lopes. Até que aos 22 minutos, na escapada de Vinícius Pedalada pela direita, o lateral cruzou para Éder Paulista, que fatalmente faria o gol, mas foi deslocado pelo lateral Carlinhos. Pênalti bem marcado pelo árbitro Douglas Marques das Flores.

Tom bateu no meio do gol e no alto, sem chances para João Lopes: 1 x 0. Foi o 20º gol do “Barba Assassina” em 51 jogos pela Veterana. É o primeiro jogador da “Era Vallim” a ultrapassar os 50 jogos.

Inter x Portuguesa MR 24-01-18 9

O segundo gol quase saiu aos 32, quando Zé Mateus deixou Franklin para trás e mandou um tubaço da entrada da área. Excelente defesa de João Lopes, que mandou para escanteio.

Quando a Inter se aproximava do segundo gol, o árbitro não viu uma falta clara em Zé Mateus. Na sequência, Carlinhos experimentou da intermediária e foi muito feliz. A bola, que foi muito forte, entrou no canto esquerdo de Rafael Pin. Foi um golaço: 1 a 1.

Inter x Portuguesa MR 24-01-18 4

Imediatamente, a torcida gritou “Leão, Leão e Leão”, apoiando a equipe limeirense. Aos 39, o zagueiro Léo Coelho salvou em cima da linha aquele que seria o gol de Zé Mateus, após cruzamento de Calixto.

Aos 40 minutos, o inspirado Vinícius Pedalada ganhou duas vezes no pé de ferro e disparou de fora da área. A bola passou rente a trave da Lusa. Aos 44, Tom tabelou com Moisés e também arriscou. Outro arremate que tirou tinta da trave.

Inter x Portuguesa MR 24-01-18 14

As emoções estavam reservadas para o segundo tempo. Aos 9 minutos, Vinícius Pedalada tabelou com Zé Mateus e mandou cruzado para fora.

Como o segundo gol não saía, João Vallim tratou de mexer. Wesley, Medina e Malcoon entraram nas vagas de Zé Mateus, Éder Paulista e Calixto, respectivamente.

Aos 24 minutos, outra vez o goleiro da Lusa teve sorte. Ele fez golpe de vista no chute de Ricardinho e viu a bola passar muito perto da trave.

Mas o Leão também tomou um susto. Aos 29, na cobrança de falta do bom Pereira, Rafael Pin fez uma defesa sensacional em seu canto direito, evitando o gol da virada.

Inter x Portuguesa MR 24-01-18 13

Mas o melhor estava guardado para o fim. Aos 41 minutos, em um contra-ataque bem executado pela Inter, Malcoon recebeu na esquerda e levantou na medida para o gol de Vinícius Pedalada, de cabeça,: 2 a 1. Explosão de alegria no Limeirão. Fazia 49 jogos que o lateral buscava seu primeiro gol pela Veterana. E o “Pimba” foi dedicado ao seu pai, que completou mais um aniversário no sábado.

Inter x Portuguesa MR 24-01-18 8

A Inter se fechou nos minutos finais e garantiu mais uma importante vitória, que a mantém na terceira colocação, com sete pontos, atrás apenas de Penapolense e Oeste.

No sábado, o Leão viaja para Votuporanga para enfrentar o Votuporanguense, que ontem foi goleado pelo Nacional, em São Paulo, por 5 a 1.

 

chico macaco

 

Internacional 2 x 1 Portuguesa

Gols – Tom aos 23 minutos do 1º tempo e Vinícius Pedalada aos 41 minutos do 2º tempo (INT); Carlinhos aos 35 minutos do 1º tempo.
Local – Limeirão
Árbitro – Douglas Marques das Flores
Assistentes – Alex Alexandrino e Thiago Henrique Almeida Alborghetti.
Internacional – Rafael Pin; Vinícius Pedalada, Balardin, Diego Baiano e Calixto (Malcoon); Marquinhos, Ricardinho e Moisés; Zé Mateus (Wesley), Tom e Éder Paulista (Medina). Técnico – João Vallim.
Portuguesa – João Lopes; Carlinhos, Fabão, Léo Coelho e Franklin; Jonatas Paulista, Luciano Sorriso (Carlos César), Felipe Manuel e Pereira; Raul (Luizinho) e Fernandinho (Mateus). Técnico – Guilherme Alves.
Ocorrências – cartões amarelos para Calixto e Zé Mateus (INT); Carlinhos e Franklin (Portuguesa).

*** Fotos Mário Roberto/ Gazeta de Limeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *