Independente perde em Águas de Lindóia e se complica na 2ª divisão

Por Denis Suidedos

Tecnicamente, um duelo sofrível. Na manhã de ontem, em Águas de Lindóia, o Independente perdeu para o Brasilis por 1 x 0, gol anotado pelo atacante Cabañas, que entrou no segundo tempo da partida.

Nos primeiros 45 minutos, o time limeirense até que obteve mais posse de bola e volume de jogo, mas não conseguiu transformar o fato em chances de gol. Girava, no setor de meio de campo, com Matheus Talisca, Gustavo e Léo Iseppe, mas a transição com o ataque não funcionou.

Isolados na frente, Juninho e Mateus Varão pouco produziram. O primeiro, filho de Gilcimar, tentava pelo setor esquerdo, buscando a bola, mas o excesso de faltas sofridas acabou com os planos do atacante do alvinegro da Vila.

Aliás, por falar em faltas, foram várias no primeiro tempo. A bola pouco ficou em movimento e, com isso, a qualidade técnica da partida não deu as caras na manhã abafada de ontem, o que obrigou o árbitro Rodrigo Gomes Paes Domingues a conceder duas paradas técnicas.

O lance mais agudo do primeiro tempo aconteceu aos 27minutos, com Matheus Talisca, que recebeu a bola na entrada da área, pela direta e, ao ameaçar o chute, cortou o zagueiro e bateu rasteiro. Lucas, goleiro do Brasilis, fez boa defesa e evitou o primeiro gol do jogo.

SEGUNDO TEMPO

No quesito posse de bola, na etapa complementar, o Brasilis equacionou e, com ela nos pés, passou a preocupar o sistema defensivo do Galo. As jogadas aconteciam com Betinho, Beto, Marcos Paulo e Cabanãs, que entrou no intervalo de jogo.

O Galo, aparentemente cansado, pouco produzia; o time adversário começou a gostar do jogo. Aos oito minutos, Bento recebe na entrada da grande área e bate forte, rasteiro, levando perigo contra a meta de Igor.

O gol do Brasilis saiu aos 21 minutos. Em jogada trabalhada pelo setor direito de ataque, Marcos Paulo levantou na medida para Cabanãs que, com tranquilidade, colocou no fundo do barbante, 1 x 0.

Depois do gol o Galo desmontou em campo. Com isso, o Brasilis teve várias oportunidades para ampliar, mas por deficiência técnica e pela defesa que Igor fez, aos 33, com os pés, isso não aconteceu e a vitória do time da casa foi sacramentada por 1 x 0. O Independente voltará a campo no próximo sábado, às 17h, no Pradão, contra o Comercial.

Brasilis 1 x 0 Independente

Gol – Cabañas às 21 do 2ºT.
Brasilis – Lucas; Alemão, Pedro Henrique, Rinaldi e Vitor Silvestre; Zanetti, Guilherme Soares, João Paulo (Cabanãs) e Betinho; Bento e Marcos Paulo. Técnico – Antonio Carlos Silva.
Independente – Igor; João Paulo, Lucão, Caio Sena e Wendel; Oldair (Pedro Henrique), Gustavo (Igor), Léo Iseppe e Matheus Talisca (Pedrinho); Mateus Varão e Juninho. Técnico – Augusto Sobrinho.
Árbitro – Rodrigo Gomes Paes Domingues
Auxiliares – Rafael Tadeu Alves de Souza e Rodrigo Meirelles Bernardo
Local – Estádio Leonardo Barbieri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *