Gol de artilheiro aos 51 minutos mantém Independente vivo na briga por vaga

Por Edmar Ferreira

O gol do centroavante Diogo aos 51 minutos do segundo tempo evitou uma eliminação precoce do Independente no Campeonato Paulista da Segunda Divisão. O ex-vascaíno marcou o tento do empate diante da Francana por 1 a 1, sábado no Pradão.

Faltando apenas duas rodadas para o fim da fase de classificação, o Independente segue na quarta posição, porém diminuiu a diferença para a Itapirense, que agora é de três pontos. O time de Itapira foi goleado pelo Comercial por 4 a 0, em Ribeirão Preto, resultado que mantém as chances do alvinegro.

A briga direta do Independente é com a Itapirense. Enquanto o Galo joga domingo em São Carlos e fecha em casa com o Jaguariúna, dois adversários relativamente mais fracos, o time de Itapira tem XV de Jaú, em casa, e Francana, fora, dois times que estão na briga.

Sem Lucas Ambiel suspenso e com a volta de Pedro Henrique ao meio de campo, o Independente enfrentou um adversário duríssimo no sábado. E lembrar que no primeiro turno o Galo venceu em Franca por 1 a 0, gol de Diogo.

Pensando exclusivamente na vitória, o alvinegro começou o jogo a todo vapor e de cara, criou três oportunidades. Na melhor delas, aos 12 minutos, Diogo deu um chega pra lá no zagueiro, mas bateu fraco da entrada da área.

Já o time de Paulinho McLaren era perigoso nos contra-ataques e apostava no jogo aéreo. O centroavante Fornazari, de 1m95, ganhava todas. Aos 21 minutos, o bom meia Radsley perdeu um gol incrível para a Feiticeira na pequena área, após cruzamento do lateral Artur.

Para piorar a situação, aos 23 minutos, o volante Gustavo, o chamado “cão de guarda da defesa”, deixou o campo lesionado e Léo Iseppe entrou em seu lugar.

Até que aos 30 minutos, Radsley puxou um contra-ataque sozinho pela esquerda. Mesmo sendo acompanhado por três marcadores, nenhum deles conseguiu desarmá-lo. O chute cruzado foi rebatido por Whesley e Fornazari, bem colocado, só teve o trabalho de conferir: 1 a 0.

O Independente sentiu o gol e por pouco não foi para o vestiário com o placar mais elástico. Fornazari e Eric perderam boas oportunidades de ampliar. Aos 44, Radsley acertou a trave galista em cobrança de falta.

O segundo tempo foi nervoso. O Galo foi para o tudo ou nada. Aos 5 minutos, Diogo ajeitou para Wendel, que concluiu para fora. Aos 19, João Paulo tentou de falta e assustou Bruno.

Mas a Francana não se defendia apenas. Aos 24, Fornazari por pouco não marcou seu segundo gol no jogo. No minuto seguinte, Whesley praticou um milagre no chute frontal do gigante francano, após passe perfeito de Artur.

Anderson Rocha colocou Gilcimar Júnior no lugar de Léo Iseppe e abriu de vez o Independente. A modificação surtiu efeito. O Galo passou a jogar na área da Francana. Foram três chances seguidas, com João Paulo, Marcinho e com o próprio Gilcimar Júnior, mas a bola não queria saber de entrar.

O tempo ia passando e com ele o nervosismo aumentava. Aos 45, após cobrança de falta de João Paulo, Diogo escorou na segunda trave para fora.

francana 7

Até que aos 51 minutos, o incansável João Paulo levantou a meia altura para a área e Diogo, mostrando muito oportunismo, mergulhou para marcar o gol de empate: 1 x 1. Festa no Pradão. O chamado gol salvador.

Situação

Demais resultados da 12ª rodada do Grupo 3: Comercial 4 x 0 Itapirense, XV de Jaú 4 x 0 Jaguariúna e Brasilis 2 x 1 Sãocarlense.

A classificação está assim: 1) Comercial 28, 2) Francana 24, 3) Itapirense 22, 4) Independente 19, 5) XV de Jaú 18, 6) Brasilis 11, 7) Jaguariúna 6 e 8) Sãocarlense 0.

Próxima rodada: Sãocarlense x Independente, Itapirense x XV de Jaú, Jaguariúna x Francana e Brasilis x Comercial.

Ficha Técnica

Independente 1 x 1 Francana

Gols – Fornazari aos 29 minutos do 1º tempo e Diogo aos 51 minutos do 2º tempo
Local – Pradão
Árbitro – Alessandro Darcie
Auxiliares – Osvaldo Apipe Medeiros e Rodrigo Meireles Bernardo
Público e renda – não divulgados
Independente – Whesley; Giovani, Gabriel, Caio Senna e João Paulo; Pedro Henrique, Gustavo (Léo Iseppe) (Gilcimar Júnior), Wendel (Matheus Varão) e Denis Nunes; Marcinho e Diogo. Técnico – Anderson Rocha.
Francana – Bruno; Artur, Mateus, Tom e Pernambuco; Igor, Van Baster, Radsley (Robinho) e Alan (Wallace); Fornazari (Jô) e Eric. Técnico – Paulinho McLaren.
Ocorrências – cartões amarelos para Gabriel e Pedro Henrique (IN), Van Baster.

*** Fotos – Felipe Calicchio

Transmissão pelo Rápido no Ar

Estive ao lado de Tatinha Casagrande

rapido 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *