Ídolos da Inter são homenageados em evento histórico no Limeirão

Edmar Ferreira

O dia 1º de julho de 2018 dificilmente será esquecido pelos leoninos que participaram de um evento histórico no Limeirão.

Promovido pela Internacional, com o objetivo de arrecadar fundos para a disputa da Copa Paulista, o evento proporcionou a diretores e torcedores do Leão, a oportunidade de jogar pelo menos duas partidas no Limeirão.

Desta forma, 46 fanáticos leoninos se inscreveram e foram divididos em quatro equipes. Os participantes puderam ouvir uma preleção do eterno técnico Pepe nos vestiários, usaram os mesmos uniformes que a Inter utilizará na próxima Copa Paulista, foram orientados por Tato, Lica e João Vallim e ainda saborearam uma deliciosa feijoada no salão social do Limeira FC.

pepe homenagem 4

Todos os jogos foram filmados pelos cinegrafistas Fábio Segredo e Renan, com direito a drone. A narração foi de Edmar Ferreira e os comentários de Osmar Bacan, o Tatão, segundo maior artilheiro da história do clube com 54 gols em 145 jogos. Além disso, o fotógrafo Pedrinho Sarti foi contratado para registrar o evento. O kit completo com DVD e fotos está sendo comercializado.

pepe homenagem 5

Durante o almoço e ao som do grupo de pagode Novidade A+, a diretoria leonina, presidida por Paulo Eduardo Toledo Barros, prestou uma série de homenagens. Lica, Tato, João Vallim e Pepe receberam uma placa de agradecimento pelos serviços prestados ao clube e foram aplaudidos em pé.

Bastante emocionado, Pepe foi ovacionado e ouviu dos presentes: “Olê, olê, olê, olê, Pepe, Pepe”. Já para Tato o canto foi: “Olelê, olalá, o Tato vem aí e o bicho vai pegar”. Lica e Vallim também tiveram seus nomes gritados.

pepe homenagem 6

Para completar, o Dr Júlio César Pereira dos Santos, médico do clube há vários anos e atual vice-prefeito, entregou uma camisa da Seleção Brasileira com o escudo da Inter ao maior técnico da história do Leão, com 119 jogos.

pepe homenagem 2

Pepe também vendeu suas camisas personalizadas. Distribuiu autógrafos e tirou diversas fotos. Era o mais assediado pelos presentes. E voltou a afirmar: “Quando quero ser feliz, venho a Limeira”.

pepe homenagem 3

 

Jogos

Na primeira semifinal, o time branco, comandado pelos técnicos João Vallim e Tato venceu o time preto e branco, de Pepe e Lica, nos pênaltis.

No tempo normal, o time branco e preto abriu 2 a 0 no primeiro tempo, com dois gols do vereador Clayton Silva, um de falta aos 9 minutos e outro de pênalti aos 20.

Gabriel Francisco descontou aos 29 e dedicou ao seu saudoso pai, falecido em um acidente de carro a caminho para o Pradão, onde acompanharia um dérbi pelo Campeonato Paulista.

O empate surgiu aos 23 minutos do segundo tempo com Daniel Prado. Nas penalidades máximas, Clayton Silva e Gustavo desperdiçaram e o time branco venceu por 2 a 1.

Time vencedor contou com: Rafael; Liminha (João Pedro Rigo), Eduardo Rigo, Taymon Bueno e Abreu; Matheus, Rafael Rigo, Daniel Prado e Milinho; Gabriel Francisco e Renato Mamute.

Já o perdedor atuou com: André; Maxwell Marinho, Fábio Lemos, Ricardo e Murilo; Diogo, Douglas (Anderson Alves), Gustavo e Lucas Hes; Álvaro e Clayton Silva.

Na outra semifinal, o time preto e branco, comandado pelos técnicos Pepe e Tato levou a melhor e venceu por 3 a 1.

Ramon, em cobrança de falta aos 10 minutos, abriu o placar. Jorge deixou tudo igual. Aí brilhou a estrela do artilheiro Aron. Aos 16 minutos, completou uma cobrança de escanteio na segunda trave e no terceiro, deu uma linda meia-lua em Ademir, avançou em direção ao gol e tocou na saída do goleiro Renato Boralli.

Time vencedor atuou com: Erik Rodriguez; Reginaldo, Lucas D’Andrea, Alexandre e Dr Júlio César; Rafael (Dr Lourival), Luiz, Eleuses e Ramon; Aron e Nicolas.

Time perdedor atuou com Renato Boralli; Léo, Ademir, Sagioro e Gabriel Carneiro; Altair Bueno, Eládio, Marcel e Daniel; Jorge e Caio.

pepe homenagem 7

Na disputa de 3º e 4º, a equipe branca, dos técnicos João Vallim e Tato venceu a preta e branca por 1 a 0, gol de Marcel no fim da partida, após cruzamento de Milinho pela direita.

Na final, o time de João Vallim (branca) venceu o de Pepe (preto e branco) por 2 a 0. Daniel Prado com um chute certeiro de fora da área abriu o placar. O gol de do título foi através de um pênalti cometido por Lucas D’Andrea em Milinho. O próprio camisa 8 liquidou a fatura.

chico macaco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *