Inter empata com o Desportivo Brasil na estreia da Copa Paulista

Por Edmar Ferreira

Internacional e Desportivo Brasil ficaram no 0 a 0, sábado à tarde no Limeirão, pela primeira rodada da Copa Paulista.

Vale lembrar que no ano passado, quando decidiu o título da competição com a Ferroviária, o Leão também estreou em casa e curiosamente, com um 0 a 0 diante do Audax.

Foram 55 dias de preparação até a estreia. Sem André Mococa, que ainda não foi inscrito na competição e com o recém-chegado Paulinho, poupado em razão de uma pancada que sofreu no jogo-treino contra o Corinthians, João Vallim apostou no meio-de-campo que jogou praticamente toda a Série A-2 e promoveu a estreia do rápido Leleco, ex-Velo Clube e Sertãozinho.

Como Luís Roberto se destacou nos jogos-treinos, Vallim o improvisou na lateral-direita, deixando Mizael como opção no banco. Já o zagueiro Diego Baiano, que seria o titular da Veterana, rompeu o ligamento cruzado do joelho esquerdo e só retorna em 2019.

O jogo inteiro foi bastante equilibrado, com raras oportunidades. A Inter pouco assustou o goleiro Éder, que sequer fez uma defesa.

A primeira chance foi do time de Porto Feliz. Aos 6 minutos, Thiago Pereira arriscou de fora da área e Moisés apenas acompanhou.

O Desportivo Brasil teve um gol anulado aos 22 minutos, em razão do impedimento de Marlon. Aos 24, Vinícius Bala, principal destaque do time visitante, fez ótima jogada individual, mas na hora do arremate, isolou.

Aos 26, Vinícius Bala costurou pela esquerda e a bola sobrou para Nelsinho. O meia bateu forte, mas Moisés foi buscar praticamente no ângulo. Uma defesa espetacular do goleiro leonino, que substitui o lesionado Rafael Pin.

desportivo 08

O segundo tempo foi da mesma forma, sem grande emoção.

Logo aos dois minutos, Leleco aproveitou uma sobra na área e ajeitou para Luís Roberto. O passe saiu forte e o goleiro Éder segurou.

Vallim perdeu o zagueiro Nikão por motivo de contusão logo aos 9 minutos. Medina entrou em seu lugar. Com isso, Balardim foi recuado para a zaga.

A Inter teve um gol anulado aos 11 minutos. Após levantamento para a área, o meia Moisés deslocou seu marcador, cometendo a falta. Na sequência, Éder Paulista marcou.

A resposta do Desportivo Brasil veio no minuto seguinte, quando Vinícius Bala mandou cruzado da esquerda e novamente Moisés segurou. Aos 15, Vinícius Bala serviu Marlon, que mandou cruzado, assustando o arqueiro leonino.

O time de Porto Feliz dominava as ações e era perigoso nos contra-ataques. A Inter voltou a criar uma oportunidade aos 23 minutos, quando Moisés recebeu na área e bateu com curva, tentando surpreender Éder. A bola passou rente a trave do goleiro.

Aos 28, Nelsinho faz o mesmo, mas com direção. O goleiro leonino se esticou todo para fazer uma ótima defesa, evitando a abertura do placar.

Aos 32, jogada pela esquerda com Leleco. Eleito o melhor jogador em campo, o atacante partiu pra cima do marcador e cruzou para Calixto. Porém, o lateral errou o cabeceio.

Fim de jogo e empate sem gols, diante de 1.242 pagantes.

Foi o primeiro ponto conquistado pelo Desportivo Brasil no Limeirão. Até então em três confrontos na história, a Inter havia vencido as três partidas.

A Inter folga nesta segunda rodada e volta a jogar no próximo sábado, contra o Rio Claro, às 15h, fora de casa.

Situação

Nos outros dois jogos do Grupo 2: Rio Claro 1 x 0 Noroeste e XV de Piracicaba 3 x 3 Red Bull. A Ferroviária folgou na rodada.

A classificação está assim: 1) Rio Claro 3, 2) Red Bull, XV de Piracicaba, Internacional e Desportivo Brasil 1, 6) Ferroviária e Noroeste 0.

Na quarta-feira, às 15h – Desportivo Brasil x Rio Claro e às 20h – Noroeste x XV de Piracicaba. Na quinta-feira, às 18h30 – Red Bull x Ferroviária.

Internacional 0 x 0 Desportivo Brasil

Árbitro – Rodrigo Batista da Silva.
Assistentes – Ricardo Luis Buzzi e Jony Shin Iti Kamakura.
Público – 1.242 torcedores.
Renda – R$ 19,675,00.
Internacional – Moisés; Luís Roberto (Mizael), Vinícius Gouvêa, Nikão (Medina) e Calixto; Balardim, Marquinhos, Teco e Moisés; Leleco e Éder Paulista. Técnico – João Vallim.
Desportivo Brasil – Éder; Léo Santos, Willian, João Pedro e Thiago Pereira; Djair, Vinícius Bala, Thiago e Nelsinho; Marlon e Tito (Vieira). Técnico – Edson Paulista.
Ocorrências – cartões amarelos para Balardim e Marquinhos (INT); Tito, Nelsinho (DES).

*** Fotos – Pedrinho Sarti

 

chico macaco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *