Categorias
Inter de Limeira

Derrota injusta da Inter em Piracicaba

Redes Sociais Esportivas

Por Edmar Ferreira

A Internacional não soube aproveitar as inúmeras oportunidades que criou e voltou derrotado do Barão da Serra Negra, ontem à noite pela quarta rodada da Copa Paulista. O XV de Piracicaba venceu por 2 a 0, com dois gols nos dez minutos finais.

Aos 18 minutos, em uma saída errada do goleiro Leonardo, ex-Inter, Éder Paulista mandou um tubaço na trave. Em seguida, Moisés arriscou e o arqueiro espalmou para evitar o gol.

Só dava Leão e no chute rasteiro de Leleco, Leonardo foi no cantinho desviar para escanteio.

Outra bola na trave da Internacional. Linda jogada entre Moisés e Éder Paulista. O centroavante fez a jogada de pivô e ajeitou para o meia, que mandou de canhota, acertando o travessão.

O XV equilibrou as ações apenas no segundo tempo. As mexidas de Fahel Júnior surtiram efeito. Ele colocou Doni na zaga e adiantou Gabriel para jogar como volante. Também promoveu a entrada do veloz Lucas Formiga. Com isso, fortaleceu o meio-de-campo de sua equipe e passou a ter um contra-ataque rápido.

Mesmo assim, a Inter continuava um pouco melhor. Em uma arrancada de Calixto, o lateral deixou três marcadores para trás e arriscou de fora da área, assustando Leonardo.

João Vallim promoveu a primeira substituição aos 22 minutos. Paulinho entrou na vaga de Medina. Em seguida, Calixto se lesionou e precisou deixar a partida. Ricardinho foi para o jogo e Teco passou a atuar improvisado na ala.

A Internacional teve um pênalti claro não assinalado pelo árbitro Cleber Luís Paulino. Na jogada de Paulinho, Doni colocou a mão na bola. Teve até um recuo absurdo não assinalado em favor do Leão.

No lance seguinte, o XV abriu o placar. Aos 36 minutos, Romarinho cobrou uma falta magistral pela meia-direita, no cantinho de Moisés: 1 x 0. Imediatamente, João Vallim colocou André Mococa na vaga de Moisés.

Empurrado por sua torcida – foram 1.500 presentes -, o XV quase ampliou com Gabriel após cobrança curta de escanteio. O zagueiro se livrou de dois marcadores e bateu cruzado, levando perigo.

No último lance de jogo, contra-ataque fulminante do XV. Danilo arrancou em velocidade pelo meio e serviu Cassio Gabriel, que mandou forte da meia-direita, no canto de Moisés para liquidar a fatura: 2 x 0.

Apesar da derrota, o zagueiro Vinícius Gouvêa foi eleito o melhor em campo pela equipe Pimba dos Esportes no Rápido no Ar e receberá o Troféu Nova Itália Porcelanatos.

Desta forma, o tabu permanece. A Inter não vence o XV em Piracicaba desde 2006. Agora são oito jogos, com seis vitórias do time da casa e dois empates.

A Inter, que caiu para a quinta colocação do Grupo 2, volta a atuar no sábado, contra o Noroeste, às 17h, no Limeirão. Os ingressos antecipados estão à venda ao preço de R$ 15 arquibancada e R$ 20 cadeira cativa.

Situação

Demais resultados da 4ª rodada do Grupo 2: Ferroviária 1 x 0 Desportivo Brasil (gol de Tom, o Barba Assassino, de falta) e Noroeste 0 x 1 Red Bull. O Rio Claro folgou.

A classificação ficou assim: 1) Ferroviária e Desportivo Brasil 7, 3) XV de Piracicaba e Red Bull 5, 5) Internacional 4, 6) Rio Claro 3 e 7) Noroeste 1.

No sábado, às 16h – XV de Piracicaba x Ferroviária, às 17h – Internacional x Noroeste e às 18h30 – Red Bull x Rio Claro. O Desportivo Brasil folgará.

XV de Piracicaba 2 x 0 Internacional

Gols – Romarinho, de falta, aos 36 e Cassio Gabriel aos 50 minutos do segundo tempo (XV).
Árbitro – Cleber Luis Paulino.
Assistentes – Leandro Matos Feitosa e Hélio Antônio Salvia Sá
Público – 1.516 torcedores.
Renda – R$ 11.310,00.
XV de Piracicaba – Leonardo; Mário Sergio, João Victor, Gabriel Tonini e Samuel; Fraga, Rafael (Cassio Gabriel) e Renan (Doni); Danilo Melega, Romarinho e Welton Paraguá (Lucas Formiga). Técnico – Fahel Junior.
Internacional – Moisés; Luís Roberto, Vinícius Gouvêa, Balardim e Calixto (Ricardinho); Marquinhos, Teco e Moisés (André Mococa); Leleco, Éder Paulista e Medina (Paulinho). Técnico – João Vallim.
Ocorrências – cartões amarelos para: Marquinhos (INT); Welton e Gabriel Tonini (XV).

*** Foto – site do Futebol Interior

chico macaco

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •