Leleco e Luís Roberto marcam pela 1ª vez em vitória da Inter sobre o Noroeste

Por Edmar Ferreira

Uma vitória convincente, diante de um adversário bastante qualificado (apesar de último colocado no grupo). A Internacional derrotou o Noroeste por 3 a 1, ontem no Limeirão pela 5ª rodada da Copa Paulista, e voltou para a vice-liderança do Grupo 2.

João Vallim teve trabalho para escalar o Leão. Mizael e Nikão foram novamente vetados. Calixto foi mais um que ficou de fora. Sendo assim, o treinador recuou Marquinhos para a zaga, improvisou Luís Roberto na lateral-direita e Balardim na esquerda e promoveu o retorno de Ricardinho ao meio-de-campo.

Foi um primeiro tempo movimentado, cheio de oportunidades. Logo aos 9 minutos, Éder Paulista recebeu um cruzamento da direita e na tentativa do cabeceio foi empurrado pelo lateral Pacheco. O árbitro Cleber Luís Paulino marcou a penalidade máxima. Éder Paulista cobrou bem para abrir o placar e marcar seu 13º gol pelo Leão.

Cinco minutos depois outro pênalti, desta vez que favor do Noroeste. Vinícius Gouvêa usou o braço para evitar um chapéu na área. Oliveira foi para a cobrança e deixou tudo igual. E olha que Moisés chegou a tocar na bola antes dela entrar.

Um dos destaques da Inter no primeiro tempo foi Medina. O atacante queria jogo e fazia boas jogadas individuais. Em uma delas, passou por dois marcadores, mas bateu fraco, facilitando o trabalho do goleiro Cairo.

O Noroeste assustou. Após cruzamento da esquerda, a zaga leonina não cortou e Moisés foi obrigado a fazer seu primeiro milagre no Limeirão.

Aos 24, após sobra na meia-lua da área leonina, Jhonny arriscou de fora, mas a bola saiu a esquerda da meta de Moisés.

Aos 35, a Inter voltou a comandar o placar. No cruzamento fechado de Moisés pela esquerda, a bola bateu no travessão e no rebote, Leleco encheu o pé para marcar seu primeiro gol pelo Leão: 2 x 1.

No último lance da primeira etapa, o zagueiro Jean Pierre aproveitou um levantamento para a área e cabeceou por cima da meta alvinegra.

A segunda etapa começa com um chute de fora da área de Ricardinho que raspa a trave de Cairo. E o volante tentou da mesma forma quatro minutos depois. Novamente a bola tirou tinta do poste.
O Noroeste tem um gol anulado em seguida. Renatinho foi lançado em condição irregular, ganhou na corrida de Vinícius Gouvêa e tocou na saída de Moisés.

O time de Bauru, comandado por Betão Alcântara, cresce na partida. Após escanteio, o zagueiro Júnior cabeceia e Moisés faz uma defesa espetacular, desviando para escanteio. O becão ganhava todas pelo alto.

Moisés era uma muralha na partida. Giovanni recebe na área e solta um tubaço no canto esquerdo. O goleiro leonino espalma, mandando para escanteio. Que defesa!

moises goleiro 5

Aos 19 minutos um contra-ataque mortal do Leão. Na roubada de bola de Teco no meio-de-campo, Luís Roberto disparou pela direita, tabelou com Éder Paulista e mandou cruzado, sem chances para Cairo: 3 x 1. Foi seu primeiro gol pela Inter e dedicado a filha Antonella. O volante foi eleito por unanimidade o melhor jogador em campo.

João Vallim mexeu duas vezes seguidas. André Mococa e Paulinho entraram nos lugares de Moisés e Medina, respectivamente.

E em sua primeira jogada, Paulinho arranca pela esquerda, vê a ultrapassagem de Leleco e aciona o atacante. Porém, a finalização vai para fora.

Aos 42 estreia na Internacional. Éder Paulista dá seu lugar ao zagueiro Brunão, destaque do Sub-20. E o novato becão teve até chance de marcar em um cabeceio.

O Noroeste ainda teve um jogador expulso. O centroavante Daniel Bueno, ex-Rio Claro, que tinha acabado de entrar na partida, perdeu a cabeça e chutou bola em André Mococa com o jogo parado após marcação de falta. Vermelho direto para o atacante.

No último lance do jogo, Moisés fecha com chave de ouro sua atuação ao impedir o gol de Oliveira em cobrança de falta.

Fim de jogo: Internacional 3 x 1 Noroeste

A Inter volta a jogar na próxima quarta-feira, contra o Red Bull, às 18h30, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Situação

Demais resultados da 5ª rodada do Grupo 2: XV de Piracicaba 1 x 3 Ferroviária e Red Bull 0 x 0 Rio Claro. O Desportivo Brasil folgou.

Na classificação: 1) Ferroviária 10, 2) Internacional e Desportivo Brasil 7, 4) Red Bull 6, 5) XV de Piracicaba 5, 6) Rio Claro 4, 7) Noroeste 1.

Na quarta-feira, às 11h – Ferroviária x Rio Claro; às 18h30 – Red Bull x Internacional e às 20h – Noroeste x Desportivo Brasil. O XV de Piracicaba folgará.

Sub-20

A Internacional colecionou sua quarta derrota seguida na segunda fase do Campeonato Paulista Sub-20. Jogando ontem no Estádio Hudson Buck Ferreira, em Matão, o Leãozinho perdeu para a Matonense por 2 a 0.

Os gols foram marcados por Rômulo aos 22 minutos do 1º tempo e Matheus Leandro, de pênalti, aos 46 minutos do 2º tempo.

Sem chances de classificação para a terceira fase, a Inter cumpre tabela nas duas rodadas finais. No próximo domingo, às 15h, recebe o Palmeiras, no Limeirão e fecha diante do Corinthians, no Parque São Jorge.

Internacional 3 x 1 Noroeste

Gols – Éder Paulista, de pênalti, aos 10 e Leleco aos 35 minutos do 1º tempo e Luís Roberto aos 19 do 2º tempo (INT); Oliveira, de pênalti, aos 15 minutos do 1º tempo (NOR).
Árbitro – Cleber Luis Paulino.
Assistentes – Leandro Matos Feitosa e Helio Antonio Salvia Sá.
Público – 738 torcedores.
Renda – R$ 11.460,00.
Internacional – Moisés; Luís Roberto, Vinícius Gouvêa, Marquinhos e Balardim; Ricardinho, Teco e Moisés (André Mococa); Leleco, Éder Paulista (Brunão) e Medina (Paulinho). Técnico – João Vallim.
Noroeste – Cairo; Pacheco, Jean Pierre, Júnior e Gustavo (Igor); Alê, Giovanni, Rogério (Hugo) e Oliveira; Renatinho e Jhonny (Daniel). Técnico – Betão Alcântara.
Ocorrências – cartão vermelho para Daniel Bueno (NO) e amarelos para Moisés (INT); Jean Pierre e Oliveira (NOR).

 

chico macaco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *