Motivado, Palmeiras recebe o Cruzeiro

Palmeiras e Cruzeiro abrem hoje a semifinal da Copa do Brasil. A partida está marcada para as 21h45, no Allianz Parque. A volta será no dia 26, no Mineirão.

Os dois times travaram grandes duelos na história. Em 1996, o Cruzeiro foi campeão na final contra o Palmeiras. Em 1998, o Verdão foi campeão na final contra o time mineiro. Em 2015, o Palmeiras eliminou a Raposa nas quartas de final e foi campeão. Já em 2017, o Cruzeiro eliminou o alviverde nas quartas de final e foi o campeão no final.

Será também um duelo particular entre dois dos melhores treinadores do país. Luiz Felipe Scolari e Mano Menezes se enfrentaram apenas duas vezes, ambas pelo Brasileirão de 2014. Na época, Felipão estava no Grêmio e Mano no Corinthians. Cada um venceu uma vez.

Felipão está buscando seu quinto título na Copa do Brasil. Foi campeão com o Criciúma em 1991, com o Grêmio em 1994 e com o Palmeiras em 1998 e 2012. Mano foi campeão em 2009 com o Corinthians e comandando o próprio Cruzeiro no ano passado.

O Palmeiras vive um grande momento nas três competições que disputa. Na Copa do Brasil eliminou o América/MG e o Bahia. Na Taça Libertadores da América passou pelo Cerro Porteño e agora encara o Colo-Colo.

Já no Brasileirão, o alviverde vem de vitória sobre o Corinthians por 1 a 0, no clássico de domingo, e ocupa a terceira colocação com 46 pontos, três a menos que os líderes Internacional/RS e São Paulo. Além disso, o Verdão está invicto há oito jogos no Nacional, com seis vitórias e dois empates.

Para esta partida, Felipão não poderá contar com o goleador Deyverson, que está está suspenso, uma vez que foi expulso contra o Bahia, em Salvador e pegou dois jogos de gancho.

O atacante levou o terceiro cartão amarelo no Campeonato Brasileiro e não enfrenta o Bahia no domingo. Também foi expulso contra o Cerro e não enfrenta o Colo-Colo. A situação incomum faz com que as pessoas ao redor do jogador temam que o temperamento atrapalhe suas atuações, logo agora que ele tem evoluído no time – fez quatro gols no Brasileiro desde a chegada de Felipão. Outro que fica fora por motivo de suspensão é Felipe Melo.

O Cruzeiro eliminou Atlético/PR e Santos nas fases anteriores. Sofreu contra o Peixe, pois perdeu no tempo normal por 2 a 1, no Mineirão e contou com três defesas de Fábio nos pênaltis para garantir a classificação.

No Brasileirão, a Raposa vem de um empate sem gols contra o Sport, na Ilha do Retiro e ocupa a sétima colocação, com 32 pontos. Já na Taça Libertadores, o time mineiro enfrentará o Boca Juniors nas quartas de final.

Palmeiras x Cruzeiro

Palmeiras – Weverton; Mayke (Marcos Rocha), Edu Dracena, Antônio Carlos e Diogo Barbosa (Victor Luís); Thiago Santos, Bruno Henrique e Moisés; Dudu, Borja e William Bigode (Hyoran). Técnico – Luiz Felipe Scolari.
Cruzeiro – Fábio; Edilson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Robinho, Thiago Neves e Arrascaeta; Raniel (Barcos). Técnico – Mano Menezes.
Árbitro – Wagner Reway
Local – Allianz Parque, 21h45.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *