Palmeiras enfrenta o Colo-Colo no Chile

O Palmeiras abre hoje o mata-mata das quartas de final da Taça Libertadores da América. Enfrenta o Colo-Colo, às 21h45, no Estádio Monumental, em Santiago, no Chile.

Para esta partida o técnico Luiz Felipe Scolari não poderá contar com o volante Felipe Melo e com o centroavante Deyverson, que estão suspensos. Além deles, o zagueiro Luan também está fora por causa de uma lesão na panturrilha esquerda e nem viajou ao Chile.

Por outro lado, Bruno Henrique e Borja treinaram normalmente e estão confirmados para a partida. Assim, o time deve ser o mesmo que foi derrotado pelo Cruzeiro por 1 a 0, na última quarta-feira, pelas semifinais da Copa do Brasil.

Nas oitavas de final o Verdão eliminou o Cerro Porteño. Venceu no Paraguai por 2 a 0 e perdeu no Allianz Parque por 1 a 0. Já o time chileno fez 1 a 0 no Corinthians, em Santiago e perdeu por 2 a 1, no Itaquerão.

O atacante Lucas Barrios, autor do gol que classificou o Colo-Colo, foi campeão da Copa do Brasil de 2015 e do Campeonato Brasileiro de 2016 com o Palmeiras. O argentino naturalizado paraguaio fez elogios ao ex-clube. Outro que demonstra muito carinho quando se fala em Palmeiras é o meia Valdivia.

Em 2009, o Palmeiras se classificou para o mata-mata da Libertadores graças a um golaço de Cleiton Xavier contra o Colo-Colo aos 41 minutos do 2º tempo. O meia, hoje no CRB, considera o gol mais importante de sua carreira.

Felipão e STJD

Nos bastidores, Luiz Felipe Scolari será julgado amanhã pelo STJD por sua expulsão no clássico contra o Corinthians. O árbitro Jean Pierre Gonçalves de Lima relatou na súmula que foi ofendido pelo treinador. Felipão foi enquadrado no artigo 258 e pode pegar até seis jogos de suspensão.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) rejeitou ontem, por unanimidade, o pedido do Palmeiras para impugnar a final do Campeonato Paulista de 2018 em razão da interferência na arbitragem. Com isso, o Corinthians segue como campeão da competição.

O time alviverde não consegue mais recorrer o caso na esfera esportiva brasileira. Agora, a diretoria do clube irá avaliar se o caso deve ser levado à Corte Arbitral do Esporte, na Suíça.

Colo-Colo x Palmeiras

Colo-Colo – Orión; Zaldivia, Insaurralde e Barroso; Opazo, Carmona, Baeza, Valdivia e Pérez; Barrios e Paredes. Técnico – Héctor Tapia.
Palmeiras – Weverton; Mayke, Edu Dracena, Antônio Carlos e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Moisés; Dudu, Willian Bigode e Borja. Técnico – Luiz Felipe Scolari.
Árbitro – Andrés Cunha (URU)
Local – Estádio Monumental, em Santiago, no Chile, ás 21h45.

*** Foto – César Greco/Agência Palmeiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *