Quanta saudade, Chapecoense

Há dois anos o mundo parou para acompanhar a tragédia com a delegação da Chapecoense. Que dia triste. Nossos corações foram partidos. Me lembro do meu pai me acordando chorando em prantos. Quanta tristeza. Nos meus arquivos tem essa foto tirada com duas das 71 vítimas: o narrador Deva Pascovicci e o comentarista Mário Sérgio Pontes de Paiva…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *