Ipiranga é vice-campeão Sub-18 da Liga Piracicabana e visa a alta performance

Por Edmar Ferreira

O Ipiranga terminou em segundo lugar na Liga Piracicabana de Futebol. A equipe limeirense perdeu a final para a Fiorentina, time da casa, por 1 a 0.

Na primeira fase o Ipiranga terminou invicto, com quatro vitórias: 3 x 0 Mario Dedine, 4 x 1 Compaixão, 3 x 1 Leão do Monte e 5 x 1 Meninos do Brasil e com três empates: 4 x 4 Jaraguá, 2 x 2 Rasp e 1 x 1 Fiorentina.

Nas semifinais a equipe limeirense avançou após empatar com o Rasp por 1 a 1. Prevaleceu a melhor campanha. O artilheiro foi Matheus Parmalat, com 13 gols.

Vale lembrar que esse projeto de base teve início em agosto deste ano. Segundo o diretor de esportes Anderson Arcanjo, o Ipiranga conseguiu sua filiação na Associação Paulista de Futebol (APF).

Já a documentação para receber a filiação da Federação Paulista de Futebol Amador estaria em fase de análise. O objetivo é conseguir também o selo de clube formador da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Arcanjo afirmou que o Ipiranga também terá Sub-13, Sub-15 e Sub-20. Seu foco principal não será uma escolinha de futebol e sim, formar atletas de alta performance. Para isso, os responsáveis estão investindo em equipamentos modernos, como o Catapult, de telemetria GPS.

O Ipiranga firmou parcerias com o Dr Rogério Neves, ex-CBF, para o departamento de fisiologia e com o Dr Alexandre Gobatto, do setor de ciências do esporte da Unicamp.

A comissão técnica é formada por Bruno da Silva (técnico), Roberto Nogueira (preparador físico) e Michael Calabria (preparador de goleiros).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *