Etíope e queniana vencem Corrida Internacional de São Silvestre

O etíope Belay Tilahun Bezabh, de 22 anos, venceu a 94ª Corrida Internacional de São Silvestre com o tempo de 45min03. No ano passado ele cruzou a linha de chegada em segundo lugar.

Para vencer a prova pela primeira vez na carreira, ele ultrapassou seu compatriota Dawitt Admasu nos últimos metros. O segundo colocado fechou em 45min06.

Amdework Tadese (Etiópia) com 45min13, Emmanuel Gisamoda (Tanzânia) com 45min23 e Mawwell Rotich (Uganda) com 45min45, completaram o pódio. Giovani dos Santos foi o melhor brasileiro, terminando em oitavo lugar, com o tempo de 46min38.

Após vencer, Bezabh passou mal e precisou ser atendido por paramédicos. O etíope, que se preparava para participar da coletiva de imprensa, foi conduzido ao hospital.

O limeirense Samuel Nascimento, que largou no pelotão de elite, completou o percurso com o tempo de 49min51, acima dos 48min20 que fez no ano passado. O forte calor foi apontado com uma das razões. Ele ainda não sabia a posição que ficou.

Na competição feminina, venceu a queniana Sandrafelis Tuei, com o tempo de 50min02. Ela ultrapassou a compatriota Pauline Kamulu na subida da Brigadeiro Luís Antônio. A segunda colocada registrou 50min19.

Mestawut Fikir Truneh (Etiópia) com 52min45, Esther Kakuri (Quênia) com 52min47 e Birthukan Alemu (Etiópia) com 53min06, completaram o pódio. Jenifer Nascimento Silva foi a brasileira mais bem colocada, com o tempo de 54min05. Ela ficou no oitavo lugar.

O Brasil não consegue o ouro na prova desde 2010 na categoria masculina e 2006 no feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *