Limeirense abandona a Corrida de São Silvestre pela segunda vez consecutiva

Por Edmar Ferreira

Pelo segundo ano consecutivo a nossa maior representante no atletismo não completou a Corrida Internacional de São Silvestre. Tatiele de Carvalho sofreu um estiramento muscular na panturrilha da perna esquerda no sexto quilômetro da prova e precisou abandonar.

Tatiele lamentou a lesão nas redes sociais e postou uma foto do seu tratamento com o fisioterapeuta Thiago Henrique de Lima, que trabalhou nos últimos dois anos na Internacional.

“Estamos sempre em busca de excelência no esporte. As dores e as lesões fazem parte do processo. O trabalho nos dignifica. Agora temos que lamber as feridas e voltar 200% para o próximo combate. Agradeço todas as mensagens de apoio e as orações. Vamos voltar mais forte em nome de Jesus”, comentou.

Lima acredita que a fadiga muscular ou o excesso de treinos pode ter ocasionado a lesão, comum em atletas de elite. O profissional afirmou que a corredora ficará no máximo 20 dias em tratamento intensivo, ou seja, em dois períodos diários para voltar as pistas.

Na São Silvestre de 2017, Tatiele de Carvalho precisou abandonar no km 8 em razão de fortes dores abdominais. Nas redes sociais, ela também havia lamentado o ocorrido. “Não é do meu feitio abandonar as provas que participo. Sempre vou até o fim. Mas as dores abdominais foram intensas”, justificou.

Vale lembrar que Tatiele foi por duas vezes a melhor brasileira na São Silvestre. Em 2012, a fundista conquistou a sexta colocação, seu mais expressivo resultado. Já em 2016, foi a sétima colocada.

A limeirense é a atual líder do ranking nacional em três categorias. Nos 5 mil metros, a atleta detém a marca de 15min58seg06. Nos 10.000m, seu tempo é de 33min16seg17. Já na meia maratona, prova que começou a disputar na temporada passada, e que equivale a 21 km, sua marca é de 1h13min30.

A queniana Sandrafelis Tuei foi a vencedora com o tempo de 50min02. Jenifer Nascimento Silva foi a brasileira mais bem colocada, com o tempo de 54min05, em oitavo lugar.

Samuel Nascimento em 23

Limeira contou com outro atleta no pelotão de elite da 94ª Corrida Internacional de São Silvestre. Samuel Nascimento completou o percurso com o tempo de 49min51, acima dos 48min20 que fez no ano passado. Desta forma, terminou em 23º lugar. O forte calor foi apontado com uma das razões.

O etíope Belay Tilahun Bezabh venceu com o tempo de 45min03. Giovani dos Santos foi o melhor brasileiro, terminando em oitavo lugar, com o tempo de 46min38. O Brasil não consegue o ouro na prova desde 2010 na categoria masculina e 2006 no feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *