Inter segue sem vencer em casa, mas torcida aprova reação contra o Juventus

Por Edmar Ferreira

“Dos males, o menor”. Esse frase que significa “o princípio de minimização dos prejuízos” se encaixa perfeitamente no empate da Internacional contra o Juventus por 2 a 2, segunda-feira, no Limeirão, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista da Série A-2.

O empate leonino surgiu aos 47 minutos do segundo tempo. O poder de reação da Inter foi tão grande, que a torcida decidiu não vaiar. O resultado manteve o alvinegro na sexta posição, com 16 pontos ganhos.

O mais importante, é que a Inter está a quatro pontos do Votuporanguense, nono colocado. Ou seja, mesmo se perder na próxima rodada, o time comandado por João Vallim seguirá no G-8 (grupo dos classificados).

Mas a preocupação com o desempenho em casa continua. A Inter completou nove partidas sem vencer no Major Levy, uma de suas piores marcas na história. Agora são cinco derrotas e quatro empates.

A Inter empatou os últimos quatro jogos no Limeirão (0 x 0 Atibaia, 1 x 1 Votuporanguense, 0 x 0 Penapolense e 2 x 2 Juventus). Até o fim da fase de classificação ainda receberá Portuguesa Santista e Linense.

Foi uma segunda-feira especial para a Internacional. Além de jogar de dourado em homenagem a Limeira, considerada a capital do folheado, a diretoria fez mais uma ação com os portadores de Síndrome de Down, que ganharam o uniforme do clube e entraram com os jogadores no gramado.

 

juventus 1

 

Com a derrota do Rio Claro para o Água Santa por 2 a 0, Inter e Juventus entraram em campo sabendo que quem vencesse assumiria a terceira colocação de forma isolada.

Vallim surpreendeu e decidiu repetir a dupla de zaga da vitória em Rio Claro. Gean e Nikão ganharam uma nova oportunidade. No ataque, Jorge Elias foi vetado e Rodrigo Paraná começou pela primeira vez como titular.

O Juventus aprontou logo no início. Aos 7 minutos, em um lateral bastante contestado pelos leoninos (a posse de bola era da Inter), Cesinha recebeu pela esquerda e cruzou rasteiro para Adilson. O ex-centroavante do Corinthians dividiu com Malcoon e a bola encobriu Moisés: 1 x 0.

E se não fosse Moisés, o Moleque Travesso iria para o intervalo mais folgado no placar. A Inter perdeu o zagueiro Nikão, com uma lesão no joelho. Jean Pablo, que retornava de suspensão, foi para o jogo.

As emoções estavam reservadas para o segundo tempo. Aos 12, Chumbinho deu uma assistência perfeita para Tcharlles, que teve tranquilidade para esperar o momento certo e finalizar com maestria: 1 a 1. Foi o segundo gol do “Speed” com a camisa da Inter.

O que a torcida e a comissão técnica leonina não esperavam era o segundo gol do Juventus, aos 42 minutos. Na saída errada de França, Gabriel tomou no meio de campo e fez um passe preciso para Cesinha na área. O atacante mandou cruzado, sem chances para Moisés: 2 x 1.

Mas a derrota leonina seria injusta pelo volume de jogo apresentado. A justiça se fez presente no Limeirão e aos 47 minutos, o estreante Lucas Xavier, lateral que veio do Red Bull, cruzou na cabeça de Chumbinho, que deixou tudo igual: 2 x 2.

Ao contrário dos últimos jogos em casa, quando os jogadores foram vaiados para o vestiário, desta vez a torcida poupou e aplaudiu os leoninos pelo espírito de raça e pela reação em campo.

A Inter volta a campo no próximo sábado, às 15h, contra o Santo André, no Estádio Bruno José Daniel. E o desempenho fora de casa nesta A-2 deixa todos motivados. Nas cinco partidas como visitante, o Leão venceu quatro (São Bernardo, Sertãozinho, Portuguesa e Rio Claro) e só perdeu para o líder Água Santa.

Internacional 2 x 2 Juventus

Gols – Adilson aos 7 do 1º tempo e Cesinha aos 42 do 2º tempo (JU); Tcharlles aos 12 e Chumbinho aos 47 do 2º tempo (IN).
Local – Limeirão
Árbitro – Leandro Carvalho da Silva
Auxiliares – Fernando Afonso Gonçalves de Melo e Bruno Silva de Jesus
Público – 1.489
Renda – R$ 20.100,00
Internacional – Moisés; Michel (Lucas Xavier), Gean, Nikão (Jean Pablo) e Malcoon; França, Marquinhos, Elvis e Chumbinho; Tcharlles e Rodrigo Paraná (Clebinho). Técnico – João Vallim.
Juventus – Paulo Vitor; Thiaguinho, Robson, Diego Sacoman e Paulo Henrique; Alê, Gabriel e Thiago Potiguar (Denner); Romarinho (Ramon), Adilson (Lucas) e Cesinha. Técnico – Alex Alves.
Ocorrências – cartões amarelos para Michel, Jean Pablo e Marquinhos (IN); Gabriel (JU).

*** Fotos – Pedrinho Sarti/ Internacional

Série A-2:

10ª Rodada:

Linense 0 x 1 Votuporanguense
Atibaia 1 x 0 Portuguesa Santista
Nacional 2 x 1 Santo André
São Bernardo 1 x 2 Sertãozinho
Penapolense 0 x 1 XV de Piracicaba
Taubaté 0 x 3 Portuguesa
Água Santa 2 x 0 Rio Claro
Internacional 2 x 2 Juventus

Próxima rodada:

8/3 – 20h – XV de Piracicaba x Linense
9/3 – 15h – Santo André x Internacional
9/3 – 15h – Votuporanguense x Taubaté
9/3 – 17h – Rio Claro x São Bernardo
10/3 – 10h – Penapolense x Atibaia
10/3 – 10h – Juventus x Água Santa
10/3 – 10h – Portuguesa Santista x Sertãozinho
10/3 – 16h – Portuguesa x Nacional

Classificação:

1 Água Santa 25
2 XV de Piracicaba 20
3 Portuguesa Santista 17
4 Rio Claro 17
5 Juventus 16
6 Internacional 16
7 Linense 13
8 Santo André 12
9 Votuporanguense 12
10 Nacional 12
11 Taubaté 11
12 Sertãozinho 10
13 Atibaia 9
14 Portuguesa 8
15 Penapolense 7
16 São Bernardo 5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *