Após 14 anos, Inter pode voltar a divisão de elite do Campeonato Paulista

Por Edmar Ferreira

Noventa minutos para que o sonho de 14 anos seja concretizado.

A Internacional decide o acesso para a divisão de elite do Campeonato Paulista hoje, às 19h, no Barão da Serra Negra.

O Leão ficou no empate sem gols com o XV de Piracicaba, sábado passado no Limeirão, debaixo de muita chuva.

Como não há vantagem para o time da casa – apenas o fato de decidir o jogo de volta diante de sua torcida -, a Inter precisará vencer o Nho Quim.

Se um novo empate for registrado, a decisão do acesso será nas penalidades máximas.

O técnico João Vallim não tem nenhum problema para esta partida decisiva.

Pelo contrário, terá o retorno do capitão França. O volante foi absolvido pela expulsão na partida de volta das quartas de final contra a Portuguesa Santista, quando se estranhou com o atacante Rodriguinho no empate por 2 a 2, que classificou a Veterana.

Desta forma, Vallim poderá adotar novamente o esquema tático 4-5-1 que deu certo na maioria dos jogos.

Sendo assim, Jorge Elias retornará para o banco de reservas e Elvis será adiantado para jogar no ataque ao lado de Tcharlles, mas sem é claro esquecer da marcação.

A expectativa é para mais de 15 mil torcedores em Piracicaba.

Campanhas

Em nove partidas como visitante nesta Série A-2, foram quatro vitórias (2 x 1 São Bernardo, 1 x 0 Sertãozinho, 3 x 2 Portuguesa e 1 x 0 Rio Claro), três empates (0 x 0 Santo André, 1 x 1 Taubaté e 2 x 2 Portuguesa Santista) e apenas duas derrotas (3 x 1 Água Santa e 3 x 0 Nacional). Ou seja, dos 27 pontos que disputou fora de casa nesta A-2, conquistou 15, um aproveitamento de 55,5%.

Já o XV de Piracicaba tem um aproveitamento de 70,3% em casa. Jogando no Barão da Serra Negra, o Nho Quim venceu seis das nove partidas que disputou: 2 x 0 Portuguesa, 1 x 0 Santo André, 1 x 0 São Bernardo, 4 x 1 Taubaté e 2 x 1 Linense. O único empate foi com o Nacional por 0 a 0 e as duas derrotas foram para Juventus (2 x 1) e Atibaia (1 x 0).

O detalhe que mais chama a atenção é o baixo número de gols sofridos pelo XV diante de sua torcida. Em nove jogos foram apenas cinco gols. Por outro lado, o ataque balançou a rede 12 vezes.

O XV busca seu quinto acesso para a elite. Conquistou a vaga nos anos de 1947, 1948, 1967, 1983 e 2011. A Inter por sua vez, subiu nas três vezes que disputou o acesso: 1978, 1996 e 2004.

Com o 0 a 0 e a vitória inesperada do Santo André diante do Água Santa por 2 a 0, no Estádio Bruno José Daniel, a Inter só subirá se eliminar o XV. A terceira vaga está descartada, pois o Ramalhão abriu um ponto de vantagem e tem uma campanha superior ao do Leão.

Tabu

Faz exatamente 13 anos que a Internacional não vence o XV na casa do rival. O último resultado positivo foi registrado na Série A-2 de 2006. No dia 12 de março daquele ano, o zagueiro Alex Pinho marcou o gol da vitória por 1 a 0.

De lá para cá, a Inter não conseguiu mais vencer no Barão. Foram oito confrontos, com seis vitórias quinzistas e dois empates. O último duelo em Piracicaba aconteceu em 15/08/2018, pela Copa Paulista. O XV venceu por 2 a 0.

Dos 25 jogos que a Inter disputou até hoje em Piracicaba, venceu apenas três. Foram outros nove empates e 13 vitórias do time da casa.

No total, foram 53 confrontos entre os rivais. O XV tem uma ampla vantagem, com 24 vitórias contra 14 da Inter. Foram outros 15 empates. O Nhô Quim marcou 10 gols a mais: 64 x 54.

João Vallim tem 45% de aproveitamento em jogos como visitante comandando a Internacional. Em 54 jogos, venceu 19, empatou 16 e perdeu 19. Seu ataque marcou 74 gols e sua defesa sofreu 75. Fos 162 pontos que disputou, conquistou 73.

XV de Piracicaba x Internacional
XV de Piracicaba – Luiz Fernando; Jéfferson Feijão, Douglas Marques, Gilberto Alemão e Robertinho; Fraga, Walfrido e Misael; Kadu Barone, Ronaldo e Macena (Bruninho). Técnico – Tarcísio Pugliese.
Internacional – Moisés; Alison, Oliveira, Jean Pablo e Malcoon; Marquinhos, França, Nata e Chumbinho; Tcharlles e Elvis. Técnico – João Vallim.
Árbitro –  Vinícius Gonçalves Dias Araújo
Local – Barão da Serra Negra, em Piracicaba, às 19h.

*** Foto – Pedrinho Sarti / Inter de Limeira

 

barao 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *