Inter enfrenta o Santo André e pode conquistar seu 4º título de Série A-2 hoje

Por Edmar Ferreira

A Internacional está a um empate de comemorar o seu quarto título da Série A-2. Campeã em 1978, 1996 e 2004, o Leão enfrenta o Santo André, às 11h, no Estádio Bruno José Daniel, no ABC.

Como venceu o jogo de ida por 2 a 1, de virada, gols de Tcharlles e Marquinhos, a Inter tem a vantagem do empate. Ao Santo André resta uma vitória simples para levar a decisão para os pênaltis, ou um placar de dois gols de diferença ao mais para ficar com o título no tempo normal.

O campeão receberá uma premiação de R$ 280 mil, além de uma vaga na Copa do Brasil. Na fase de classificação, Santo André e Inter ficaram no 0 a 0, com destaque para o goleiro Rafael Pin, que fez defesas importantes.

Para esta partida o técnico João Vallim não poderá contar com três titulares. O zagueiro Jean Pablo foi vetado pelo Departamento Médico com uma lesão no joelho esquerdo. O lateral-esquerdo Malcoon teve seu contrato encerrado e fica de fora. Já o atacante Tcharlles recebeu o terceiro cartão amarelo no domingo e terá que cumprir suspensão automática.

Vallim definiu Gean na zaga e PC na lateral-esquerda. Sua única dúvida está no ataque. Quatro jogadores disputam a vaga de Tcharlles: Rodrigo Paraná, Jorge Elias, Gabriel Ramalho e Mael.

A última vitória da Inter em Santo André foi há 17 anos. No dia 04/05/2002, o Leão derrotou o time do ABC por 2 a 1, de virada, gols de Fabiano Negreiro e Elizeu.

Inter e Santo André se enfrentaram 26 vezes no ABC. O Leão venceu sete vezes e o time da casa outras oito vezes. Foram onze empates. O alvinegro limeirense marcou 24 gols nesses confrontos, enquanto o Ramalhão balançou as redes 29 vezes.

No geral, foram 51 jogos entre os dois finalistas da Série A-2. A Inter venceu 23 vezes, o Santo André 14 e foram outros 14 empates. O Leão marcou 62 gols e o Ramalhão 54.

Santo André

O Santo André busca seu quinto título na Série A-2. Foi campeão em 1975, 1981, 2008 e 2016. Também foi campeão da Copa do Brasil em 2004 e da Copa Paulista em 2003 e 2014.

Os dois zagueiros titulares do Santo André estão fora da final contra a Internacional. Ícaro e Helinton receberam o terceiro cartão amarelo no jogo de ida, vencido pela Inter por 2 a 1, no Limeirão.

Técnico Fernando Marchiori confirmou Pedro Victor na zaga, porém seu companheiro ainda é uma incógnita. Isso porque, o zagueiro Leonardo Luiz está com um problema na lombar. Caso não possa atuar, o treinador improvisaria o lateral Hernane ou o volante Fabrício. Nas demais posições o Ramalhão será o mesmo.

Campanhas

Dos 10 jogos que atuou como visitante nesta A-2, a Inter perdeu apenas duas vezes: 3 x 1 Água Santa e 3 x 0 Nacional. Foram quatro vitórias: 2 x 1 São Bernardo, 1 x 0 Sertãozinho, 3 x 2 Portuguesa e 1 x 0 Rio Claro.

Foram outros quatro empates: 0 x 0 Santo André, 1 x 1 Taubaté, 2 x 2 Portuguesa Santista e 2 x 2 XV de Piracicaba.

O Santo André como mandante perdeu apenas um jogo, para o Rio Claro por 1 a 0, no mata-mata. Foram cinco vitórias: 2 x 0 Penapolense, 1 x 0 Taubaté, 2 x 1 Votuporanguense, 2 x 0 Portuguesa e 2 x 0 Água Santa e outros quatro empates: 2 x 2 Portuguesa Santista, 1 x 1 São Bernardo, 0 x 0 Internacionl e 2 x 2 Atibaia.

Santo André x Internacional

Santo André – Tomazella; Rhuan, Pedro Victor, Leonardo Luiz (Hernane) (Fabrício) e Dênis Neves; Johnnattan, Raphael Toledo e Cristian; Maykinho, Anselmo e Jobinho. Técnico – Fernando Marchiori.
Internacional – Rafael Pin; Alison, Gean, Oliveira e PC; Marquinhos, França, Nata e Chumbinho; Elvis e Jorge Elias (Mael) (Rodrigo Paraná) (Gabriel Ramalho). Técnico – João Vallim.
Árbitro – Lucas Canetto Belotte
Local – Estádio Bruno José Daniel, em Santo André, às 11h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *