Independente perde outra no Pradão, mas segue no G-4 da Segundona

Por Edmar Ferreira

O Independente perdeu a segunda partida consecutiva no Pradão, mas segue no G-4 do Grupo 3 do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Depois de ser surpreendido pelo XV de Jaú por 2 a 0, o Galo foi derrotado pela Itapirense por 1 a 0, pela última rodada do primeiro turno. Com esse resultado, o time de Itapira ultrapassou o alvinegro na classificação. Foram apenas 175 pagantes.

Antes da partida, o meia Matheus Petrúlio passou por um teste com o preparador físico Roberto Nogueira, pois não treinou durante a semana em razão de uma entorse no tornozelo. Não sentiu dores e foi para o jogo.

E o time de Itapira, que estreava o técnico Luiz Müller, precisou de um minuto apenas para construir a vitória. No escanteio cobrado por Danilo pela esquerda, o zagueiro Júnior ganhou no alto da zaga galista para marcar o único gol do jogo.

O atacante Lucas Mineiro teve a chance de empatar aos 10 minutos, quando foi lançado na esquerda, invadiu a área e bateu cruzado para fora.

Aos 17 minutos, novamente Lucas Mineiro teve a chance de marcar. O atacante recebeu um cruzamento perfeito da direita e sozinho, cabeceou para fora.

A Itapirense voltou assustar aos 27 minutos. Após escanteio cobrado por Adrian, o centroavante Danilo Lima desviou e a bola acertou a trave galista.

Aos 39, o Galo criou boa oportunidade com Matheus Petrúlio. O meia recebeu um passe de peito de Lucas Marques, cortou seu marcador e mandou forte de fora da área, obrigando o goleiro Kinzel a praticar uma excelente defesa.

Aos 44 minutos, outra bola na trave para a Itapirense. No cruzamento do atacante Alisson, Danilo Lima acertou o poste.

No último lance da primeira etapa, o lateral Léo Braz arriscou de fora da área e Henrique teve dificuldades em defender em dois tempos uma bola cheia de veneno.

O Galo voltou modificado para a etapa complementar. Jorge Parraga sacou o lateral Kaio e promoveu a estreia do zagueiro Maycon, que veio do Velo Clube. Com isso, Mikael foi deslocado para a ala.

E logo no primeiro minuto, Lucas Mineiro desceu pela esquerda e sofreu uma entrada forte de Nathan. Como o lateral já tinha o cartão amarelo, recebeu o vermelho, deixando a Itapirense com dez homens em campo.

Nem assim o Independente conseguiu tirar proveito. Aos 12, o estreante Maycon aproveitou uma sobra na pequena área, mas pegou fraco na bola, facilitando o trabalho de Kinzel.

 

itapirense 2

 

Aos 17, o zagueiro Eduardo fez ótimo passe para Igor Baratinha. O atacante bateu forte da entrada da área e o goleiro adversário segurou novamente.

Aos 27, Mikael foi lançado na esquerda e cruzou fechado. A bola fez uma curva e acertou a trave. No minuto seguinte, Igor Cursino cobrou uma falta quase perfeita da meia-esquerda. A bola acertou o travessão.

Fechada na defesa, a Itapirense passou a explorar os contra-ataques. Em um deles aos 32, Rocha fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro para Danilo Lima, que perdeu um gol feito, mandando por cima do gol.

Aos 40, Rocha recebeu no ataque e arriscou de fora da área. A bola raspou a trave de Henrique. Nos acréscimos, o Independente reclamou de duas penalidades máximas. Na primeira, Christian bateu da entrada da área e Gabriel cortou com o braço. O árbitro Diego Augusto Fagundes entendeu que não houve a intenção. Na sequência, Maycon invadiu a área e caiu após dividir com dois defensores do rival. Novamente o juiz mandou o jogo seguir.

Fim de jogo no Pradão e derrota do Independente, sua terceira em seis jogos. Mas o alvinegro segue no G-4, pois foi beneficiado pela surpreendente derrota do Brasilis para o União Barbarense por 4 a 0, em Águas de Lindóia. No outro jogo do grupo, o Rio Branco derrotou o XV de Jaú, no Zezinho Magalhães, por 1 a 0.

Na classificação do Grupo 3: 1) Rio Branco 16, 2) XV de Jaú 11, 3) Itapirense 8, 4) Independente 7, 5) Brasilis 6, 6) Jaguariúna 5 e 7) União Barbarense 4. No próximo domingo o Independente jogará em Jaguariúna. No primeiro turno o Galo goleou por 6 a 0.

Independente 0 x 1 Itapirense

Gol – Júnior a 1 minuto do primeiro tempo
Local – Pradão
Árbitro – Diego Augusto Fagundes
Público – 175 pagantes
Renda – R$ 1.940,00
Independente – Henrique; Igor Cursino, Eduardo, Mikael (Rayan) e Kaio (Maycon); Igor Cursino, Gustavo Gomes e Matheus Petrúlio; Igor Baratinha, Lucas Marques (Christian) e Lucas Mineiro. Técnico – Jorge Parraga.
Itapirense – Kinzel; Nathan, Luan, Júnior e Léo Braz; Lucão, Danilo (Gabriel), Alan (Alessandro) e Adrian; Danilo Lima e Alisson (Rocha). Técnico – Luís dos Reis.
Ocorrências – cartão vemelho para Nathan (ITA) e amarelos para Lucas Mineiro (IN) e Danilo Lima (ITA) .

*** Fotos do Facebook da Itapirense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *