Paulo Roberto é o novo técnico da Inter e Alan Dotti comandará na Copa Paulista

Por Edmar Ferreira

Como a Gazeta de Limeira vinha trazendo há duas semanas, o nome de Paulo Roberto Santos foi confirmado como novo técnico da Internacional para o Campeonato Paulista da Série A-1. O Leão voltará a disputar a elite após 14 anos.

Uma coletiva de imprensa ontem à noite no Palacete Levy serviu para apresentar o treinador e sua comissão técnica. Alan Dotti, auxiliar de Paulo Roberto no Santo André e no Sampaio Corrêa, comandará o Leão na Copa Paulista, com início marcado para o dia 23 de junho (a estreia será em casa diante do XV de Piracicaba).

Edilson Santos, que ainda pode deixar o clube para seguir com João Vallim, continuará na função de auxiliar.

Paulo Roberto tem uma vasta experiência na Série A-1. Comandou o Rio Claro e o São Bento nesta divisão, realizando excelentes trabalhos. Manteve o time de Sorocaba na elite por quatro temporadas e o levou da Série D do Campeonato Brasileiro até a B.

Conquistou também uma Copa Paulista pelo Atlético de Sorocaba, ganhando o título diante do XV em pleno Barão de Serra Negra no último minuto.

No Rio Claro, pegou o time na Série B1-B em 1999 e o levou até a elite. É ídolo da torcida e técnico com o maior número de jogos pelo clube, a exemplo do São Bento, onde é recordista.

Conhecido como “Luxemburgo do Interior”, até pela forma parecida como se veste e pelo estilo de comandar, Paulo Roberto já trabalhou na Internacional. Foi coordenador de uma Copa São Paulo de Juniores.

Ele nunca escondeu que um dos seus sonhos era comandar o time principal da Internacional. Para que pudesse acertar, se reuniu algumas vezes com o presidente alvinegro (a primeira vez foi em um restaurante de Campinas) e precisou até baixar seu salário padrão.

 

paulo apresentado 1

 

Paulo Roberto, que foi um dos primeiros treinadores da história a implantar o 3-5-2 (na mesma temporada que o eaquema tático virou sucesso com Vadão no Mogi Mirim) já tem uma lista de jogadores pronta. A maioria vem atuando com ele nas últimas temporadas, formando a sua espinha dorsal.

Os jogadores que permaneceram após o acesso para a Série A-1 renovaram seu contrato até o fim do Paulistão, são eles os goleiros Rafael Pin e Moisés, os zagueiros Jean Pablo e Oliveira e o atacante Tcharlles.

O goleiro Lucas Prado, o zagueiro Brunão, o volante Marquinhos, o meia Luiz Carlos e o atacante Gabriel Ramalho têm contrato com o clube e permanecerão para a Copa Paulista.

Da comissão técnica de João Vallim quase todos ficaram, casos do massagista Braghinha, do preparador de goleiros Alex Barbosa, do mordomo Casinha e do próprio Edilson Santos.

A diretoria trouxe de volta o supervisor Jorge Silvestre e vai contratar um preparador físico. Matão segue como analista de desempenho, assim como seus auxiliares Daniel e Victor.

O gerente de futebol Odair Batista também foi apresentado. Trabalhou como auxiliar de Vadão no Campeonato Paulista em que o Guarani foi vice-campeão. Passou pelo Red Bull e seu último trabalho foi no Desportivo Brasil.

Dez jogadores já estão contratados, porém o assessor de imprensa João Vitor Fedato, que brilhantemente conduziu a coletiva, disse que nenhum deles ainda assinou contrato e que por isso, ainda não divulgará os nomes.

Potechi reforçou que a Internacional vive uma crise financeira, mas que vai lutar para sair desta situação. Voltou a citar o valor de R$ 500 mil da dívida deixada da A-2.

A Inter apresentou as demais modalidades, como bocha, futsal masculino sub-20 e futebol feminino sub-17. Mostrou vídeos dessas equipes e imagens do acesso em Piracicaba.

O nome de João Vallim foi lembrado com gratidão. O treinador, que subiu a Inter da Série A-3 para a A-2 e em seguida para a A-1, receberá o título de Cidadão Limeirense, em um projeto do vereador Clayton Silva.

Para preservar o gramado do Limeirão visando a Série A-1, a Inter firmou uma parceria com a cidade de Conchal. Um campo quase com as mesmas dimensões do Major Levy será utilizado gratuitamente para os treinamentos e provavelmente para a pré-temporada.

Outras duas parcerias foram firmadas, com a Unicamp e a Faculdade Einstein para os setores de nutrição, fortalecimento e fisiologia dos atletas.

No final da coletiva, Celso Potechi reforçou a intenção de transformar a Inter em S.A. Destacou a presença de um limeirense que mora em Londres e que pode ajudar nesse processo. O grande problema é que a dívida leonina gira em torno de R$ 20 milhões.

Potechi agradeceu a presença de todos e afirmou que só não divulgou o nome de Paulo Roberto antes porque alguns clubes também o queriam, casos de Santo André e ABC.

Um comentário em “Paulo Roberto é o novo técnico da Inter e Alan Dotti comandará na Copa Paulista

  • 18 de maio de 2019 a 10:19
    Permalink

    A Inter vai se arrepender de ter contratado Paulo Roberto
    Técnico ideal para esse clube sem. Sombra de dúvidas Sergio Guedes
    Infelizmente existe o Q.I.no futebol
    Sorte a Inter

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *