Independente goleia União Barbarense no Pradão e avança de fase na Segundona

Por Edmar Ferreira

O Independente está classificado para a segunda fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão com duas rodadas de antecipação. Jogando sábado à tarde no Pradão, diante de apenas 250 torcedores, o Galo goleou o União Barbarense por 4 a 1 e carimbou a vaga.

Adotando o esquema tático 3-5-2, o Independente começou a partida cauteloso, uma vez que a pressão era toda do rival, que não podia perder, pois estava cinco pontos atrás.

O goleiro Felipe, que ganhou a condição de titular de Henrique, mostrou segurança na meta, fazendo defesas tranquilas.

O primeiro gol galista demorou para sair. Aos 40 minutos, o lateral Gabriel escapou pela direita, deixou o zagueiro João Gabriel para trás e cruzou para o gol de Gabriel Ramalho. Foi o primeiro tento do ex-atacante da Internacional com a camisa galista.

Pena que o goleador se lesionou no começo do segundo tempo, ao receber uma entrada dura ao puxar um contra-ataque. Foi uma entorse no tornozelo direito, mesma lesão que o tirou de alguns jogos pela Internacional na Série A-2.

Uma briga generalizada envolvendo as torcidas manchou a partida. Por sorte, ninguém se feriu com gravidade.

Quando os nervos se acalmaram na arquibancada, Kaio roubou uma bola no meio de campo e partiu em velocidade até a entrada da área. Quando arriscou, a bola foi cortada com o braço pelo zagueiro Vinícius Alcântara. Pênalti bem marcado pelo árbitro José Guilherme Almeida Souza.

 

kaio comemora

 

O mesmo Kaio foi para a cobrança e ampliou o placar para 2 a 0, batendo no meio do gol. E o apaixonado Kaio estava inspirado. Em cobrança perfeita de falta aos 33 minutos, o ex-lateral da Internacional marcou o terceiro gol do alvinegro: 3 a 0. Curiosamente, o ala também marcou dois gols no União Barbarense no primeiro turno, na vitória por 3 a 1, em Santa Bárbara d’Oeste.

O gol desestruturou o adversário. Até sua pequena torcida deixou o Pradão mais cedo. Por outro lado, aos gritos de “olé” e “eliminado”, os galistas faziam a festa com a classificação do Independente.
Deu tempo ainda do quarto gol. Após levantamento da esquerda, o zagueiro Eduardo Brito ganhou no alto de João Gabriel para transformar o placar em goleada: 4 a 0.

 

gol de eduardo brito

 

Nos acréscimos, Brendon, um dos bons valores do Leão da Treze, invadiu a área galista e na hora de marcar, foi derrubado por Gustavo Gomes. Pênalti e cartão amarelo assinalado ao volante. O mesmo Brendon cobrou bem e deu números finais a partida: 4 a 1.

Situação

Nos outros dois jogos da 12ª rodada da primeira fase, a Itapirense derrotou o Rio Branco por 2 a 1, em pleno Décio Vitta e acabou com a invencibilidade do time de Americana. Já o XV de Jaú derrotou o Jaguariúna, fora de casa, por 1 a 0.

A classificação do Grupo 3 ficou assim: 1) XV de Jaú e Rio Branco 23, 3) Itapirense 18, 4) Independente 16, 5) União Barbarense 8, 6) Jaguariúna e Brasilis 6.

O Independente volta a campo no próximo domingo, às 10h, diante do Rio Branco, no Pradão. Nos outros dois jogos: XV de Jaú x União Barbarense e Brasilis x Jaguariúna.

Se o campeonato terminasse hoje, os adversários do Galo na próxima fase seriam Francana, Itararé e Andradina.

*** Fotos – Rick Nogueira

Independente 4 x 1 União Barbarense

Gols – Gabriel Ramalho aos 40 minutos do 1º tempo, Kaio, de pênalti, aos 12 e de falta aos 33 e Eduardo Brito aos 44 minutos do 2º tempo (IN); Brendon, de pênalti, aos 46 minutos do 2º tempo (UB).
Local – Estádio Comendador Agostinho Prada
Árbitro – José Guilherme Almeida de Souza
Público – 250 pagantes
Renda – R$ 2,500,00
Independente – Felipe; Mikael, Eduardo Brito e Maicon (Gustavo Oliveira); Gabriel, Gustavo Gomes, Igor Cursino, Matheus Petrulio e Kaio; Gabriel Ramalho (Lucas Marques) e Lucas Mineiro. Técnico – Jorge Parraga.
União Barbarense – Vinícius; Eleandro, Vinícius Alcântara (Daniel), João Gabriel e Moraes; Rodolfo, Luvizetto e Juninho (Raphael); Vitinho, Luís Antônio e Brendon. Técnico – Guilherme Businari.
Ocorrências – cartões amarelos para Eduardo Brito (3º) e Gustavo Gomes (IN); Moraes e Rodolfo (UB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *