Gol no fim salva a Inter da derrota para o XV na estreia da Copa Paulista

Por Edmar Ferreira

Graças a um gol de Thiaguinho aos 44 minutos do 2º tempo, a Internacional não estreou com derrota na Copa Paulista. Com um time todo remodelado e com Edilson Santos no comando, o Leão deixou uma boa impressão ao seu torcedor no empate por 1 a 1 diante do XV de Piracicaba, na manhã de hoje no Limeirão.

Com apenas três titulares em campo do time que subiu para a divisão de elite (Rafael Pin, Jean Pablo e Marquinhos), a Inter jogou de igual para igual com o XV de Piracicaba, que estava com a equipe limeirense entalada na garganta por conta do acesso em pleno Barão da Serra Negra.

Com três atacantes velozes e um bom meia-armador, a Inter começou a pressionar a saída do jogo do time piracicabano. Porém poucas oportunidades foram criadas no primeiro tempo.

Aos 28 minutos, após falta cobrada por Cássio Gabriel, o perigoso Macena desviou de cabeça e Rafael Pin mandou para escanteio.

A única boa chance da Inter na primeira etapa surgiu aos 40 minutos, quando Bruno Formigoni roubou uma bola no meio de campo e acionou Thiaguinho. O atacante lançou Vinícius Pivetta, que bateu cruzado para a defesa de Luiz Fernando.

Aos 42 minutos o XV deu a resposta com Luizinho. O atacante recebeu um cruzamento de Kadu Barone, cortou seu marcador e bateu forte, rente a trave de Rafael Pin.

Os times voltaram com a mesma formação para o segundo tempo. Aos 11 minutos, Ferrugem, um dos melhores em campo, arriscou de fora da área e a bola passou a esquerda de Luiz Fernando.

Como a Inter não marcava, o XV cresceu no jogo. Foi então que começou a aparecer o arqueiro leonino. Rafael Pin fez excelentes defesas, duas delas de Kadu Baroni.

O goleiro alvinegro ainda contou com a ajuda do travessão no cruzamento fechado de Danilo Bueno aos 24 minutos. Pin ainda espalmou no susto o chute de Macena da entrada da área.

De tanto insistir, o time de Tarcísio Pugliese abriu o placar. Aos 33 minutos, o lateral Jefferson Feijão deu uma assistência perfeita para Macena. O atacante protegeu a bola, tomou a frente de Jean Pablo e bateu sem chances para Pin: 1 a 0.

A Inter sentiu o gol e quase sofreu o segundo com Macena, que tentou encobrir o arqueiro da Veterana. Em seguida, Pin viu o chute cruzado do lateral Robertinho passar rente a sua trave.

Sem opções ofensivas no banco de reservas, uma vez que Tcharlles está lesionado, Edilson Santos promoveu as entradas de Wallace no lugar do lesionado Brunão na zaga, Rafael Ferro na ala-direita no lugar de Ferrugem e Pedrinho na vaga de Vinícius Pivetta.

Quando o torcedor leonino estava deixando o Limeirão, Rafael Ferro acionou Thiaguinho pela direita. O atacante cruzou rasteiro e com curva. O zagueiro Paulão ameaçou cortar e furou, atrapalhando o goleiro Luiz Fernando, que aceitou: 1 a 1.

Os jogadores do XV de Piracicaba perderam a cabeça. João Veras, que tinha acabado de entrar no jogo e o lateral Robertinho foram expulsos por reclamação.

Mesmo com dois homens a mais em campo, a Inter não conseguiu o gol da virada. Final 1 a 1. O Leão volta a jogar no próximo domingo, às 10h, em Bauru, diante do Noroeste.

Situação

Nos outros dois jogos do Grupo 2, o Rio Claro venceu o dérbi contra o Velo Clube por 2 a 0, gols de Gustavo Sapeka e Rodrigo, enquanto o Atibaia, do técnico João Vallim, bateu o Noroeste por 2 a 1, gols de Márcio e Gian. Pedro Felipe descontou.

A classificação está assim: 1) Rio Claro e Atibaia 3, 3) Internacional e XV de Piracicaba 1, 5) Noroeste e Velo Clube 0.

No próximo fim de semana: Noroeste x Internacional, XV de Piracicaba x Rio Claro e Velo Clube x Atibaia.

Internacional 1 x 1 XV de Piracicaba

Gols – Macena aos 33 minutos do 2º tempo (XV) e Thiaguinho aos 44 minutos do 2º tempo (IN)
Local – Limeirão
Árbitro – Leandro Carvalho da Silva
Público – 835
Renda – R$ 11.910,00
Internacional – Rafael Pin; Ferrugem (Rafael Ferro), Jean Pablo, Brunão (Wallace) e Franklin; Marquinhos, Bruno Formigoni e Helton Luiz; Vinícius Piveta (Pedrinho), Everton Sena e Thiaguinho. Técnico – Edilson dos Santos.
XV de Piracicaba – Luiz Fernando; Jéfferson Feijão, Douglas Marques, Paulão e Robertinho; Fraga, Danilo Bueno e Cassio Gabriel (João Veras); Luizinho (Anderson Santos), Macena e Kadu Barone (Bruno Lima). Técnico – Tarcísio Pugliese.
Ocorrências – cartões vermelhos para João Veras e Robertinho (XV) e amarelos para Ferrugem (IN) e Paulão (XV)

*** Foto – Élcio Fabretti

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *