Leoninos recebem troféu da seleção da Série A-2

Por Edmar Ferreira

Em evento no Hotel Nacional Inn, em Campinas, os melhores do último Campeonato Paulista, em suas séries A-1, A-2 e A-3 foram premiados.

Cinco jogadores da Internacional estiveram na seleção ideal da A-2, são eles o goleiro Rafael Pin, os zagueiros Oliveira e Jean Pablo, o meia Chumbinho e o atacante Tcharlles. Apenas Oliveira não compareceu a festa, que foi realizada pelo Sindicato dos Atletas de São Paulo.

Clayson e Danilo Avelar, ambos do Corinthians e diversos outros jogadores prestigiaram a festa. O evento contou com o apoio da Associação dos Cronistas Esportivo do Interior de São Paulo (ACEISP) e do Portal Futebol Interior.

Além dos destaques das três primeiras divisões estaduais, nomes como dos ex-jogadores Zenon, Juninho Fonseca, Sergio Guedes, entre outros, abrilhantaram o evento.

Para Rafael Pin, o fato de cinco leoninos estarem na seleção ideal é bom principalmente para a Internacional. “Num campeonato tão disputado como a A-2 você ter cinco representantes é muito importante. Bom para nós que ganhamos, mas excelente para o clube”, frisou.

Jean Pablo era o mais irradiante de todos. “Quase subi com o XV de Piracicaba em 2018 e este ano tive a chance de ajudar a Inter a voltar para a elite. Sei que fui bem na competição e marquei gols importantes. A sensação é das melhores. Estou realmente muito feliz com tudo o que aconteceu comigo e com nosso time. A união do grupo nos fez subir. E estar ao lado dos meus companheiros nesta premiação é motivo de muito orgulho”, comentou.

Chumbinho era o mais elegante da festa. Com um terno azul, o meia disse que ainda não acertou com nenhum clube e que sonha em permanecer na Internacional. “Estou esperando o presidente Celso Potechi tirar a mão do bolso. Eita homem difícil”, sorriu.

Sobre a premiação, Chumbinho reconheceu que teve papel fundamental no acesso da Internacional e que a decisão de ficar e não se transferir para o Juventude no meio da Série A-2 foi acertada. “Minha mãe tinha a convicção que eu iria subir com a Inter. E mais uma vez ela acertou. Nosso acesso foi muito merecido e a nossa eleição para a seleção do campeonato também”, destacou.

Para fechar, Tcharlles misturava uma sensação de alegria e frustração. O atacante ficou de fora do jogo final no Bruno José Daniel em razão de um cartão bobo que recebeu no jogo de ida contra o Santo André. Em seguida, sofreu uma lesão que o impediu de um acerto com o América/RN e o tirou da estreia da Copa Paulista.

O “Speed”, como é carinhosamente chamado pelos torcedores, espera retornar o quanto antes ao ataque leonino. Sobre a premiação, disse que o reconhecimento é muito importante na carreira de um jogador.
Súmula

O árbitro Leandro Carvalho da Silva confirmou na súmula que o gol de empate da Internacional contra o XV de Piracicaba por 1 a 1, domingo no Limeirão, na abertura da Copa Paulista, foi mesmo de Thiaguinho. Sendo assim, o primeiro gol das novas traves do Major Levy foi anotado pelo atacante que veio do CSA e aos 44 minutos do segundo tempo.

A Inter volta a jogar no domingo, às 10h, em Bauru, contra o Noroeste. Técnico Edilson Santos dificilmente contará com o zagueiro Brunão, que deixou a partida contra o XV em razão de um estiramento muscular.

Por outro lado, o zagueiro Balardin, o volante Nata e o atacante Patrick Silva devem ficar à disposição do treinador.

premiação 02 - jean pablo

 

premiação 03 - chumbinho

 

premiação 04 - tcharlles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *