Categorias
Perdas

Técnico Vadão morre aos 63 anos

Redes Sociais Esportivas

Oswaldo Alvarez, o Vadão, morreu hoje aos 63 anos.

Ele estava internado na UTI do Hospital Albert Einstein, em São Paulo em razão de um tumor no aparelho digestivo.

Seu quadro era considerado gravíssimo, pois a doença atingiu o seu fígado.

O treinador descobriu a doença em um exame de rotina no final do ano.
Não era possível fazer o transplante.

Como jogador, atuou no Paulista, Velo Clube e Capivariano.

Vadão ficou famoso ao comandar o “carrossel caipira” em Mogi Mirim, naquele memorável time com Válber, Leto e Rivaldo.

Também passou por equipes como Corinthians, São Paulo, Guarani (vice-campeão paulista), Ponte Preta (foram quatro passagens em 2001, 2002, 2005, 2006 e 2014), Bahia, Sport, Goiás e Athletico-PR (campeão paranaense em 2000).

Vadão chegou a comandar a seleção brasileira feminina de futebol, conquistando duas Copas Américas (em 2014 e 2018) e dois torneios internacionais.

Foi medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2015 e terminou em quarto lugar nos Jogos Olímpicos do Rio-2016.

Seu sepultamento será na cidade de Monte Azul Paulista.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Patrocinado por Agência M9

Propagandas | Propagandas para Rede Social | Criação de Logotipos | Propagandas para Lanchonetes | Propagandas para Oficinas Mecânicas

Propagandas e Notícias