Categorias
Inter de Limeira

Presidente da Inter de Limeira promete homenagear Elzo após cobrança

Redes Sociais Esportivas

Em entrevista emocionante ao Pimba nos Esportes, o ex-volante Elzo, de 59 anos, fez inúmeras revelações. A principal delas, é que lamenta não ter sido homenageado ainda pela Inter de Limeira, time que defendeu em 50 partidas entre 1981 a 1983.

“É difícil entender, mas recebi homenagem em todos os clubes que defendi, menos na Inter. Até uma estátua fizeram para mim em Machado, minha cidade Natal em Minas Gerais. Mas quero deixar bem claro aqui que não estou cobrando a equipe limeirense, apenas lembrando que falta essa homenagem em minha carreira. Tenho certeza que a mereço. Ainda mais que sai da Inter para a seleção brasileira”, justificou.

Elzo Aloísio Coelho se emocionou também ao lembrar que muitos médicos o designaram do futebol e que apenas um deles acreditou em sua total recuperação, mesmo com uma seríssima lesão de joelho. Elzo rompeu todos os ligamentos e fraturou o menisco.

Após a delicada cirurgia, o saudoso Richard Drago, então dirigente da Internacional, foi até o hospital para contratá-lo, após ótima performance no Ginásio Pinhalense.

“Foi um dos dias mais felizes da minha vida. E o mais impressionante é que ele me deixou a vontade para minha total recuperação, independente do tempo que levasse”, frisou.

Outro elogiado pelo ex-jogador foi o então presidente Palmiro D’Andrea.

Imediatamente, o atual presidente leonino Lucas D’Andrea, neto de Palmiro, afirmou que vai fazer essa homenagem a Elzo.

“Primeiro, parabéns pela excelente entrevista. Acredito que todos gostaram, principalmente da sinceridade do ex-jogador. Eu me comprometo a homenageá-lo”, garantiu D’Andrea, que vai estudar a melhor forma de trazê-lo ao Limeirão para que o mesmo possa receber uma placa de agradecimento pelos serviços prestados ao clube.

Elzo ficou mais de um ano em recuperação e quando retornou, pode mostrar seu brilhante futebol na Inter. Pelo Leão, onde marcou 7 gols, foi para a seleção brasileira de novos e seguiu para o Atlético/MG.

Foi às vésperas da Copa do Mundo de 1986, que Elzo passou por um novo drama em sua carreira: a humilhação de Telê Santana. Na entrevista, Elzo explica as palavras duras que recebeu do comandante, como por exemplo que não era craque e que seria cortado da Copa..

Elzo afirmou que pensou em deixar a seleção, mas voltou atrás e brigou pela posição. Resultado: deixou Falcão no banco de reservas e foi eleito o melhor jogador da seleção brasileira no México, além de ser considerado o melhor preparo físico. Elzo também contou do reencontro com Telê após a Copa do Mundo, quando recebeu um beijo no rosto, um pedido de desculpas e um agradecimento pela grande performance que teve no Mundial.

Elzo defendeu também o Benfica (disputou uma inal da Champions League em 88/89 – derrota ao PSG nos pênaltis), Palmeiras (Bola de Prata em 1989) e Caldense (cinco jogos e aposentadoria).

Elzo é casado com Regina e perdeu seu filho Elzo Tulio, com 15 anos, em um acidente de carro. Atualmente, cuida do Instituto Elzo Tulio, que ampara 470 crianças usando como educação o esporte.

Entrevista com Elzo na Rádio Mix 770 AM

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Patrocinado por Agência M9

Propagandas | Propagandas para Rede Social | Criação de Logotipos | Propagandas para Lanchonetes | Propagandas para Oficinas Mecânicas

Propagandas e Notícias