Categorias
Inter de Limeira

Adversário da Inter tem o segundo pior ataque e a segunda pior defesa

Redes Sociais Esportivas

A Internacional tem duas batalhas nesta semana neste retorno do Campeonato Paulista.

Enfrenta o Oeste, nesta quinta-feira às 17h30, na Arena Corinthians e no domingo encara a Ferroviária, às 16h, no Morumbi.

Transmitirei os dois jogos pelo Rápido no Ar, ao lado de Tatinha Casagrande e Igor Sedano.

Leão precisa se um ponto para garantir sua permanência na divisão de elite de 2021.

A Inter não vence há cinco rodadas.

Depois que surpreendeu o Corinthians, em sua arena, com o placar de 1 a 0, gol de Tcharlles, a Veterana perdeu três jogos consecutivos, dois em casa por 1 a 0 para Santo André e Novorizontino e um em Ribeirão Preto para o Botafogo por 2 a 1.

Curiosamente, Murilo Rangel ficou de fora nessas três derrotas. O time todo sentiu a ausência do limeirense, principal articular do time.

O meia retornou contra o Água Santa e marcou, de pênalti, o gol do empate por 1 a 1. Já contra o Palmeiras, Leão se comportou bem e comemorou o precioso ponto no empate sem gols.

Curiosamente, o Oeste tem um ponto a menos que a Internacional, mas está na zona de classificação para as quartas de final no Grupo A, atrás do Santos com 15 e à frente de Água Santa (10) e Ponte Preta (7).

O time de Itápolis, que manda seus jogos na Arena Barueri, tomou três goleadas neste Paulistão: 4 x 0 para o Palmeiras, no Pacaembu, 4 x 0 para o São Paulo e 5 x 1 para a Ferroviária, ambos em sua arena.

O time comandado por Renan Freitas tem a segunda pior defesa do Paulistão, com 20 gols sofridos, um a menos que o Botafogo.

Além disso, tem o segundo pior ataque do Estadual, com sete gols marcados, a frente da Inter e do Água Santa, com 6.

Mas o Oeste vem de duas vitórias consecutivas. Venceu o Santo André, em pleno estádio Bruno José Daniel por 1 a 0 e fez 3 a 0 no Botafogo, em Barueri. Resultados que evitaram o rebaixamento precoce da equipe e o colocaram na zona de classificação em seu grupo.

O Oeste estreou perdendo em Novo Horizonte por 2 a 0. Se reabilitou na segunda rodada ao derrotar o Ituano por 1 a 0, em casa.

Depois foram duas goleadas seguidas sofridas para Palmeiras (4 x 0) e Ferroviária (5 x 1). O empate contra o Guarani por 1 a 1, em Barueri, evitou uma crise maior. Mas na sequência foram mais três derrotas seguidas para Red Bull Bragantino, fora, por 3 a 0, São Paulo por 4 a 0, em Barueri e Mirassol por 1 a 0, fora de casa. Só então que vieram as duas vitórias seguidas diante de Santo André e Botafogo.

Confrontos

Inter e Oeste se enfrentaram apenas três vezes na história. Em 23/02/2007, pela Série A-2, o Leão foi goleado em Itápolis por 4 a 1. Único gol leonino foi marcado pelo lateral-direito Marquinhos. O alvinegro era comandado por Michael Robin.

O segundo encontro aconteceu no Limeirão, na abertura da Série A-2 de 2008. No dia 20 de janeiro daquele ano, a Inter perdeu para o Oeste por 4 a 3. Os gols leoninos foram anotados por Perez (2) e Vinícius.

Já no último duelo, a Inter bateu o Oeste por 1 a 0, no Limeirão, também pela Série A-2. Em 16 de fevereiro de 2018, o zagueiro Diego Baiano acertou um tubaço do meio da rua, marcando um golaço.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •