Categorias
Inter de Limeira

Uma grande administração de Lucas D’Andrea na Inter de Limeira

Redes Sociais Esportivas

Vamos ser sinceros: que grande trabalho do presidente Lucas D’Andrea à frente da Internacional. Que administração competente. Com poucos recursos, com os pés no chão, com contratações pontuais e com os compromissos em dia, conquistou seu objetivo inicial. Hoje a Inter tem uma gestão profissional e a tendência é crescer ainda mais em 2021.

Confesso, não consigo entender como ainda existem pessoas, que se julgam leoninos, remando contra, buscando problemas a todo instante, dificultando o trabalho de quem quer o bem do clube e torcendo pelo insucesso do atual presidente. Não entra na minha cabeça.

Quem sabe agora, com a permanência da Inter na A-1 confirmada, com a vaga assegurada no Troféu do Interior e tomara que, classificado hoje para as quartas de final e com uma vaga na Série D, essas pessoas desistam de uma vez por todas. Bom, já perderam a força faz tempo. É a mesma coisa que bater em ponta de faca.

Com Lucas D’Andrea reeleito no fim do ano, e isso vai acontecer, a Inter terá uma cota maior da Federação Paulista de Futebol – algo em torno de R$ 7 milhões. Gastará muito menos em reformas no Limeirão (estádio está pronto após mais de 50 exigências para receber jogos este ano) e terá menos dívidas para pagar. Ou seja, os recursos serão para montar um time ainda mais forte.

Tinha certeza que Lucas D’Andrea iria fazer uma grande administração. Seu sobrenome é ligado a história da Internacional. Ele assumiu a presidência sabendo dos riscos que correria. E tirou de letra. Mas teve ao seu lado uma pessoa fundamental, que carregava muita desconfiança dos torcedores no início, o CEO, Enrico Ambrogini.

Morumbi

Chegamos a última rodada da fase de classificação do Paulistão. E que bom que a Inter não corre nenhum risco de rebaixamento. Se tivesse chance de queda seria um domingo daqueles. E o mais legal ainda, é que a Veterana poderá se classificar para as quartas de final.

Acho bem provável a classificação hoje. A Inter tem mais time que a Ferroviária e o campo é neutro: o Morumbi. Além disso, a chance da Ponte Preta vencer o Mirassol é muito grande. A própria Macaca enfraqueceu seu adversário, contratando seus quatro principais jogadores. A camisa da Macaca pesa.

A matemática da Inter é simples hoje: vencer a Ferroviária e torcer para a Ponte Preta bater o Mirassol, em São Bernardo do Campo. Pronto, vaga assegurada para enfrentar o São Paulo nas quartas de final, em jogo único no Morumbi. Seria sensacional.

Tem a possibilidade de vaga na Série D sem depender do Mirassol. Para isso, é vencer a Ferrinha e torcer para o Novorizontino não derrotar o Santos, na Arena Corinthians. Outra combinação que realmente pode acontecer.

O jogo da Inter esta tarde no Morumbi só passará no Premiere do Sportv. Vou narrar esta partida ao lado de Tatinha Casagrande, Igor Sedano, Robson Bernardo e Fernando Covre. Vai ter Pimbaaaaa do Leão.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •