Categorias
Inter de Limeira

Inter confirma participação na Copa Paulista, mas não terá grande investimento

Redes Sociais Esportivas

A Internacional disputará a Copa Paulista a partir de setembro. Será um time modesto e sem estrelas. Muito provavelmente, Edilson Santos seja novamente o comandante, assim como no ano passado. Elano Blumer e seu auxiliar Ivan devem usar o período para analisar os jogadores que serão testados na competição e é claro, farão o planejamento para o próximo Paulistão, pois devem renovar seus contratos.

A Copa Paulista será regionalizada para evitar menos gastos e disputada paralelamente com a Série A-3. A competição começará no dia 20 de setembro e terminará em novembro. Ela é importante para os clubes do interior, pois dá aos finalistas uma vaga no Brasileiro da Série D ou na Copa do Brasil.

A Copa Paulista poderá ter 32 clubes, sendo 12 da Série A-1, 11 da Série A-2 e 9 da Série A-3. Em caso de desistência, o próximo da devida classificação assume a respectiva vaga. A principal diferença em relação às últimas temporadas é que os times rebaixados para a Segundona poderão participar da Copa Paulista, caso as equipes mais bem classificadas optem por não disputar a competição.

O campeão de 2019 foi o São Caetano, que vai disputar a Série D do Brasileiro de 2020, enquanto o vice campeão foi o XV de Piracicaba, que foi eliminado na segunda fase da Copa do Brasil para o Juventude de Caxias.

CEO pede paciência aos torcedores

Paciência e compreensão. Essas foram as palavras pedidas pelo CEO da Internacional, Enrico Ambrogini, aos torcedores leoninos, durante participação no Pimba nos Esportes da Rádio Mix.

Ele se refere a participação do Leão na Copa Paulista. A equipe limeirense será bem modesta e recheada de promissores garotos, como por exemplo, Perón e Daniel, que disputaram a última Copa São Paulo de Juniores.

Enrico disse que a Inter não vai gastar nesta Copa Paulista, competição que é deficitária e não tem cota da FPF. O objetivo é guardar recursos para o Paulistão de 2021. A única motivação são as vagas na Copa do Brasil e Séerie D do Campeonato Brasileiro.

Enrico disse que vai estipular um teto salarial para a Copa Paulista, ou seja, quem quiser ficar do atual elenco estará garantido na competição.

“Gostaria de contar com todos, mas já avisamos que não vamos gastar. Ficaria muito feliz se todos ficassem, pois nosso elenco é muito bom. O ambiente é legal. Mas são os próprios jogadores que vão decidir”, explicou.

Enrico disse que já está de olho no mercado da bola e que vai trazer jogadores que não são tão caros e que podem surpreender. Ou seja, na cabeça do dirigente ele espera acertar no reforço e que esse jogador possa inclusive fazer parte do elenco do Paulistão do ano que vem.

Outro detalhe que faz a diferença: hoje, qualquer jogador quer vestir a camisa da Inter, até pelo momento do clube no Paulistão. Os atletas sabem que o time está sendo bem administrado, que está honrando seus compromissos e que está pensando grande. O projeto é bom e 2021 promete ser um ano ainda mais promissor.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •