Categorias
Inter de Limeira

Inter de Limeira consulta ex-técnico do Atlético/MG

Redes Sociais Esportivas

Após a saída de Elano Blumer, a diretoria da Inter de Limeira pensa em definir, o quanto antes, o nome do substituto para o Paulistão de 2021.

O primeiro nome da lista continua sendo Roberto Fonseca, que faz ótimo trabalho no Novorizontino, time que por sinal, renovou seu contrato até 2021.

A diretoria alvinegra trabalha neste momento com três nomes.

O primeiro deles, e muito perto inclusive de um acerto, é Rodrigo Santana, ex-técnico do Atlético/MG.

Apesar de jovem (38 anos), Santana comandou o time principal do Atlético/MG em 41 jogos, um deles pela Copa Sul-Americana.

Chegou ao clube em 2018 para ser o coordenador da base.

Virou técnico do Sub-20 e assumiu o Galo com a demissão de Levir Culpi.

Foram 18 vitórias, 6 empates e 16 derrotas, com 50 gols marcados e 49 sofridos.

Foi demitido após uma goleada sofrida para o Grêmio por 4 a 1, pelo Campeonato Brasileiro.

Rodrigo Santana estava no Avaí, mas foi demitido no sábado, após eliminação para a Chapecoense no Campeonato Catarinense.

Foram apenas cinco jogos no time catarinense.

E seu início foi muito bom, com duas vitórias, diante de Tubarão (2 x 0) e Juventus (2 x 1). Depois veio o empate com o Concórdia por 1 a 1.

No mata-mata contra a Chape, perdeu o jogo de ida por 2 a 0 e empatou a volta por 1 a 1.

Enrico Ambrogini, CEO da Internacional, é muito amigo do auxiliar-técnico de Santana. As primeiras conversas já aconteceram.

Maurício Barbieri

Um segundo nome estudado pela diretoria alvinegra é de Maurício Barbieri, também de 38 anos. Mas ele pode estar retornando ao Flamengo para trabalhar como auxiliar-técnico de Domenec Torrent.

Em 2018, Barbieri chegou ao Flamengo. Assumiu o time principal com a demissão de Paulo César Carpegiani. Foram 39 jogos, com 19 vitórias, 11 empates e 9 derrotas.

Barbieri não resistiu à derrota para o Corinthians na Copa do Brasil e acabou substituído por Dorival Júnior.

Antes do Mengão, comandou o Audax, Red Bull (2013 a 2016), Guarani (2017) e Desportivo Brasil (2018). Depois que deixou a Gávea, passou por Goiás, América/MG e CSA.

Pintado

Mais distante está Pintado, um velho conhecido da torcida leonina. Foi o comandante do título da Série A-2 de 2004.

O ex-volante do São Paulo trabalhou no Água Santa neste Paulistão e hoje está no Juventude de Caxias.

Pintado nunca escondeu o desejo de voltar a Limeira, o que poderia facilitar o acerto, mesmo sendo considerado um técnico caro.
Presidente Lucas D’Andrea afirmou que não poderá contratar, pelo menos neste momento, um treinador com salário muito alto, fora dos padrões do clube.

Lucas afirmou que gostaria muito de trazer Alberto Valentim, até por sua história no clube – foi campeão paulista da Série A-2 de 1996 -, mas hoje o ex-lateral está em um patamar mais acima.

Lucas Braga

Atacante Lucas Braga, destaque da Inter de Limeira no Paulistão, entrou na mira do Vasco da Gama para o Brasileirão. Mas o Santos, dono do seu passe, pensa em utilizá-lo no segundo semestre.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •