Categorias
Sem categoria

Sem acerto com Gaia, agente Fifa conversa com presidente do Independente

Redes Sociais Esportivas


Álvaro Gaia ainda não foi confirmado como novo técnico do Independente.

A negociação, que estava caminhando para um final feliz, vem esbarrando na questão salarial.

Segundo informações do presidente Robson Silmann, neste momento o clube não tem como arcar o valor pedido pelo ex-treinador do clube para custear toda sua comissão técnica, formada por um auxiliar-técnico (no caso seria Andrezão), um preparador físico (Zeca – ex-Mirassol), além do ex-volamte Walker e do ex-meia Danilo Sacramento, com passagens pelo União São João de Araras.

“O Gaia é caro para a Segundona. Mas estamos conversando. Ele tem uma grande identificação com o clube e respeitamos isso. Mas não temos uma condição financeira confortável nesse momento”, justificou.

Gaia confirmou que baixou a pedida inicial para acertar seu retorno, mas nem assim o negócio foi fechado. “Estou aguardando. Já fiz contato com cinco jogadores que estavam comigo no América/RJ. Essa indecisão é ruim para todo mundo, principalmente para o clube”, desabafou.

Sillmann explicou que o Independente não terá este ano as receitas da torcida e do bar, uma vez que os jogos serão realizados com portões fechados, da cota de R$ 65 mil da Federação Paulista de Futebol, pois o dinheiro está bloqueado pela Justiça e dos patrocinadores, que ainda não foram fechados, pois a realização da Segundona era incerta em razão da pandemia do novo coronavírus.

Durante as conversas com Gaia, Sandro Gomes voltou em cena. O treinador, anunciado pela diretoria antes da pandemia, apresentou um agente FIFA de Portugal para o presidente galista.

Sillmann rasgou elogios ao português após a reunião.

“É realmente diferenciado. Bem centrado e que gosta tudo no preto no branco. Ele pesquisou o Independente antes de se reunir comigo. Disse inclusive que a regularização das atas é fundamental para o bom andamento da negociação. Ele tem jogadores em vários países e um de seus objetivos é revelar atletas no Galo para encaminhar para Europa. Ele está cheio de disposição e isso nos anima”, explicou.

Sillmann disse que um dos problemas é o calendário curto deste ano.

“Precisa ver se compensa para esse português firmar parceria agora ou para o ano que vem. Não sabemos como será a Segundona. Haverá o Conselho Arbitral no dia 22. Ele ficou de estudar a situação e vai nos retornar na segunda-feira. De qualquer forma, fico feliz que pessoas importantes pensem em nos ajudar. A casa está ficando em ordem depois de muito tempo”, salientou.

Mas não é apenas esse agente FIFA que estaria interessado no Independente. O mesmo Sandro Gomes vai apresentar mais dois empresários de São Paulo para o presidente galista no domingo.

“São investidores. Quero deixar bem claro que será diferente da parceria com a Arte da Bola”, completou.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •